Bandidos invadem escola agrícola em Japoatã

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 24/05/2018 às 05:55:00

 

Um grupo de assaltantes invadiu e aterrorizou os estudantes da Escola Família Agrícola de Ladeirinha, em Japoatã (Baixo São Francisco), por volta das 19h30 desta terça-feira. As vítimas tomavam café no refeitório da escola e foram rendidos por quatro homens armados e encapuzados. Eles agrediram quatro alunos e ameaçaram outros com armas na cabeça. Um facão também era usado pelos criminosos. Havia cerca de 40 pessoas na unidade de ensino quando tudo aconteceu. 
Testemunhas contaram que algumas vítimas conseguiram fugir pulando a janela e correndo por um matagal. Enquanto isso, os bandidos entraram nos quartos e pegaram computadores, celulares, bolsas e pertences dos alunos. Ainda de acordo com os alunos, o quarteto fugiu, se aproveitando da falta de iluminação na estrada que dá acesso à escola.
Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que a direção da escola acionou o Núcleo de Segurança Escolar, que de imediato informou ao comandante da Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Neópolis. A Polícia Militar encaminhou uma viatura até o local, mas os assaltantes conseguiram empreender fuga. O policiamento militar continua ostensivo na localidade. Ontem de manhã, as equipes do Núcleo e do Serviço de Educação em Direitos Humanos se deslocaram para a escola, porém não conseguiu chegar até a localidade por conta das manifestações que ocorrem na estrada de acesso à Japoatã. A Seed acompanha o caso em conjunto com a Polícia Militar.

Um grupo de assaltantes invadiu e aterrorizou os estudantes da Escola Família Agrícola de Ladeirinha, em Japoatã (Baixo São Francisco), por volta das 19h30 desta terça-feira. As vítimas tomavam café no refeitório da escola e foram rendidos por quatro homens armados e encapuzados. Eles agrediram quatro alunos e ameaçaram outros com armas na cabeça. Um facão também era usado pelos criminosos. Havia cerca de 40 pessoas na unidade de ensino quando tudo aconteceu. 
Testemunhas contaram que algumas vítimas conseguiram fugir pulando a janela e correndo por um matagal. Enquanto isso, os bandidos entraram nos quartos e pegaram computadores, celulares, bolsas e pertences dos alunos. Ainda de acordo com os alunos, o quarteto fugiu, se aproveitando da falta de iluminação na estrada que dá acesso à escola.
Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que a direção da escola acionou o Núcleo de Segurança Escolar, que de imediato informou ao comandante da Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Neópolis. A Polícia Militar encaminhou uma viatura até o local, mas os assaltantes conseguiram empreender fuga. O policiamento militar continua ostensivo na localidade. Ontem de manhã, as equipes do Núcleo e do Serviço de Educação em Direitos Humanos se deslocaram para a escola, porém não conseguiu chegar até a localidade por conta das manifestações que ocorrem na estrada de acesso à Japoatã. A Seed acompanha o caso em conjunto com a Polícia Militar.