Últimas pesquisas favorecem João Alves

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
João Alves e Valadares Filho são os dois candidatos que disputam com chances de vitória
João Alves e Valadares Filho são os dois candidatos que disputam com chances de vitória

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/10/2012 às 02:36:00

A TV Atalaia divulgou ontem à noite o resultado de nova pesquisa eleitoral realizada esta semana em Aracaju e contratada pela emissora à empresa de pesquisas Única, quando mais uma vez se confirmou o favoritismo do candidato a prefeito pela coligação "Aracaju não pode esperar", João Alves Filho (DEM/PSDB), que manteve a liderança na preferência do eleitorado, com 51,1% das intenções de votos, o equivalente a 58% dos votos válidos, garantindo a sua vitória ainda no primeiro turno.

Pela pesquisa, em que foram ouvidos mil eleitores, se as eleições fossem hoje o candidato Valadares Filho (PT/PSB), apoiado pelo governador Marcelo Deda e pelo prefeito Edvaldo Nogueira, ficaria com 31,5% dos votos, enquanto Vera Lúcia teria apenas 4% das intenções de votos. Os lanterninhas seriam Almeida Lima (PPS), com escassos 0,8% da preferência do eleitorado, e Reynaldo Nunes (PV), com 0,6%. A pesquisa registrou 6,2% de indecisos e 5,7% de eleitores anulando os votos ou votando em branco.

Nesta mesma semana, duas outras pesquisas foram divulgadas, uma pela TV Cidade e outra pelo Jornal do Dia, confirmando a preferência do eleitor por João Alves e a sua vitória ainda no primeiro turno, em dados que se assemelham à pesquisa de hoje, totalizando três levantamentos eleitorais no espaço de uma semana e durante a reta final da eleição, que referendam a vitória de João.

Na pesquisa publicada pelo Jornal do Dia, realizada pela empresa de pesquisa pernambucana Exatta e divulgada na quarta-feira, João Alves obteve 52% dos votos contra 26% para Valadares Filho.
pela pesquisa divulgada na terça feira pela TV Cidade, realizada pela empresa W1emcampo, João Alves também venceria no primeiro turno das eleições, com 51,6% das intenções de votos, contra  33,5%  para Valadares Filho.