Funcaju reverencia ilustrador sergipano Cândido de Faria no Ocupe a Praça

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/05/2018 às 05:49:00

 

O 'Ocupe a Praça' desta semana é especialmente dedicado ao ilustrador sergipano Cândido de Faria, nascido em Laranjeiras, em 1849. Ele formou-se na Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro e, em 1882, chegou à França, onde fez os cartazes dos primeiros filmes da Pathé e tornou-se o principal ilustrador da empresa. O evento acontece nesta quarta-feira, 30, no Centro Cultural de Aracaju, localizado na praça General Valadão, a partir das 17h. O projeto, que completou um ano neste mês de maio, faz parte do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPD), unidade administrada pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).
"Essa edição é um momento muito especial, pois vamos apresentar a Sergipe o ícone da representação artística sergipana que é ovacionado até hoje na França. O nome de Cândido de Faria pode ser desconhecido para a maioria dos sergipanos, mas ele é reconhecido mundialmente como um dos chargistas, cartazistas e artistas plástico mais completo que o mundo já teve. Ele faz parte da história da Caricatura Brasileira e dos primórdios da Sétima Arte, sendo ícone de referência", detalhou a coordenadora do NPD, Graziele Ferreira.
Segundo Graziele, a missão desta edição do 'Ocupe a Praça' é homenagear o laranjeirense que movimentou e movimenta a indústria do cinema assinando um dos primeiros cartazes de filme da história. "Tudo a ver com o nosso projeto que fala sobre audiovisual aliado a valorização da cultura e arte", ressaltou.

O 'Ocupe a Praça' desta semana é especialmente dedicado ao ilustrador sergipano Cândido de Faria, nascido em Laranjeiras, em 1849. Ele formou-se na Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro e, em 1882, chegou à França, onde fez os cartazes dos primeiros filmes da Pathé e tornou-se o principal ilustrador da empresa. O evento acontece nesta quarta-feira, 30, no Centro Cultural de Aracaju, localizado na praça General Valadão, a partir das 17h. O projeto, que completou um ano neste mês de maio, faz parte do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPD), unidade administrada pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).
"Essa edição é um momento muito especial, pois vamos apresentar a Sergipe o ícone da representação artística sergipana que é ovacionado até hoje na França. O nome de Cândido de Faria pode ser desconhecido para a maioria dos sergipanos, mas ele é reconhecido mundialmente como um dos chargistas, cartazistas e artistas plástico mais completo que o mundo já teve. Ele faz parte da história da Caricatura Brasileira e dos primórdios da Sétima Arte, sendo ícone de referência", detalhou a coordenadora do NPD, Graziele Ferreira.
Segundo Graziele, a missão desta edição do 'Ocupe a Praça' é homenagear o laranjeirense que movimentou e movimenta a indústria do cinema assinando um dos primeiros cartazes de filme da história. "Tudo a ver com o nosso projeto que fala sobre audiovisual aliado a valorização da cultura e arte", ressaltou.