Encerradas inscrições do Sergipano da Divisão A2

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/06/2018 às 05:07:00

 

Se depender do número de pleiteantes, o Campeonato Sergipano da Divisão A2 tem tudo para ser uma grande competição, com alto índice técnico e muito disputada. As inscrições se encerraram no dia 30 de maio, com 19 equipes pleiteando vaga na competição, que classificará apenas uma equipe para a Divisão Especial de 2019. 
Com esse número elevado de inscritos não significa dizer que a competição terá 19 participantes, porque desse número a Federação Sergipana de Futebol (FSF) fará uma triagem levando em consideração alguns itens como legalidade na documentação e principalmente a situação dos estádios, critério que a entidade não abre mão. O pleiteante tem que ter um estádio em condições de receber jogos oficiais e partidas da Divisão Especial, caso conquiste o acesso.
Dessas 19 equipes constam equipes tradicionais do futebol profissional, equipes com passagem pela Divisão Especial, mas que há muito tempo brigam pelo retorno e ainda não conseguiram. 
Estão inscritas equipes que já disputaram a Divisão Especial como América e Propriá, da cidade de Propriá, Boquinhense, Estanciano e Maruinense, Lagartense, Independente de Simão  Dias, Guarany, Canindé, Botafogo de Cristinápolis, Sete de Junho e Coritiba de Itabaiana. Além dessas equipes estão inscritas as equipes do América de Pedrinhas, Santa Cruz de Riachuelo, Força Jovem (Aquidabã), Rosário Central (Rosário do Catete), Aracaju, Atlético Gloriense e Barra dos Coqueiros. 

Se depender do número de pleiteantes, o Campeonato Sergipano da Divisão A2 tem tudo para ser uma grande competição, com alto índice técnico e muito disputada. As inscrições se encerraram no dia 30 de maio, com 19 equipes pleiteando vaga na competição, que classificará apenas uma equipe para a Divisão Especial de 2019. 
Com esse número elevado de inscritos não significa dizer que a competição terá 19 participantes, porque desse número a Federação Sergipana de Futebol (FSF) fará uma triagem levando em consideração alguns itens como legalidade na documentação e principalmente a situação dos estádios, critério que a entidade não abre mão. O pleiteante tem que ter um estádio em condições de receber jogos oficiais e partidas da Divisão Especial, caso conquiste o acesso.
Dessas 19 equipes constam equipes tradicionais do futebol profissional, equipes com passagem pela Divisão Especial, mas que há muito tempo brigam pelo retorno e ainda não conseguiram. 
Estão inscritas equipes que já disputaram a Divisão Especial como América e Propriá, da cidade de Propriá, Boquinhense, Estanciano e Maruinense, Lagartense, Independente de Simão  Dias, Guarany, Canindé, Botafogo de Cristinápolis, Sete de Junho e Coritiba de Itabaiana. Além dessas equipes estão inscritas as equipes do América de Pedrinhas, Santa Cruz de Riachuelo, Força Jovem (Aquidabã), Rosário Central (Rosário do Catete), Aracaju, Atlético Gloriense e Barra dos Coqueiros.