LUCRO AO ESPORTE

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/10/2012 às 13:17:00

1 - Sempre quando atravessava pelo corredor da SEEL de passagem para o GS, constava sempre a porta entreaberta e lá, naquela mesa, estava ele com inúmeras lideranças sociais de nossos bairros. Naquela mesa, hoje, falta ele. Saiu convocado para uma causa nobre. Passo e vem na mente a música de Sergio Bittencourt, composta  em homenagem póstuma a seu pai Jacob do Bandolim  tão bem interpretada por Nelson Gonçalves "Naquela Mesa",  num tempo que composição musical tinha mensagem.  Pois é, naquela mesa, estava Max Prejuízo, na base do pioneirismo fazendo em Sergipe  ações do esporte como inclusão social. Ações das mais brilhantes, usando o esporte como meio de proporcionar ao jovem o ingresso num segmento tão importante e necessário nos tempos atuais.

2 - Outra conclusão: o valor hereditário da genética. Do DNA. Max, neto de Careca que sem nenhum bacamarte sequer, fez uma revolução de idéias com apenas a sua Banca de Revista conseguindo inúmeros adeptos, principalmente, na intelectualidade sergipana que sob o pretexto da compra do Jornal e da Revista, bebiam da sua coragem de enfrentar com a palavra da verdade as escaladas das baionetas. Max Prejuízo é um ser de índole social, sempre olhando para os mais carentes.  No esporte: seu pai Buider, um grande goleiro com participações marcantes no antigo Adolfo Rolemberg, campo do Sergipe e do Cotinguiba, com os olhares dos meninos da época, George Oliveira, Wellington Mangueira, Fleury, Henrique, Cezar, e tantos outros, Buider fazia grandes defesas.  Ainda tinha o seu tio Gilson, razoavelmente bom de bola. Não pode esquecer o seu outro tio ,Sobó.  Quem não conhece Sobó, não conhece o Iate. Sobó é do tempo que Fernando Soares, Helio, Elcio, Raimundinho e outros bons salonistas que foram campeões dos campeonatos patrocinados pelo fundador e grande presidente da FSFS, Lélio Fortes.   Para cuidar da exaltação de sua imagem salutar, ganhou na Mega Sena sem jogar: Mauricio Pimentel, competente bom demais no ramo. Da origem social +esporte apareceu no pedaço Max Prejuízo, o prejuízo que dá lucro ao esporte.

Meio de Campo
As confederações de futebol de Brasil e Argentina concordaram em encontrar uma data para a disputa do Superclássico das Américas. O anúncio foi feito  pela Conmebol, porém, muito dificilmente a partida será realizada neste ano, por falta de datas. A tendência é que a edição de 2012 do torneio seja mesmo decidida apenas em 2013.
Flamengo e Bahia não saíram do 0 , e assim a situação de ambos no Campeonato Brasileiro 2012 não muda. É que somaram só um ponto --chegam a 35-- e seguem em 11º e 12º lugares, respectivamente - foram ultrapassados pela Portuguesa, que venceu o Sport.

Cartão Amarelo
O  próximo arbitral da FSF já se transformou em palco de guerra entre o Sergipe x Confiança. Não pode. O futebol sergipano é maior.

Cartão Vermelho
O time Propriá,na segundona, deu  o maior fora. Fez um time de cariocas não ganhou uma, dispensou todo mundo  mas, já foi tarde demais. Deixou Cezar Cabral chorando... Que pena!

Gol de Placa
Câmara de Vereadores de Lagarto concederá titulo de Cidadão Lagartense ao presidente  Manoel Cruz pelos relevantes serviços prestados ao esporte e em especial ao salonismo da terra de Silvio Romero. Merecido.