Setransp nega que meia-passagem aos domingos comece no dia três

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/06/2018 às 05:41:00

 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) declara que não procede a informação que representantes do sindicato tenham se reunido com os vereadores Seu Marcos e Isaac Oliveira para tratar sobre a validação da meia passagem aos domingos, nem muito menos que tal gratuidade já estará em vigor em Aracaju, como eles divulgaram. 
A medida depende de regulamentação e esta não aconteceu, já que se limita a Aracaju e o transporte na capital faz parte de um sistema integrado com mais três cidades da região metropolitana. O Setransp ressalta ainda que essa temática envolvendo a ampliação de gratuidades no transporte coletivo, promulgada como lei pela Câmara de Vereadores, foi vetada anteriormente pela Prefeitura de Aracaju devido a sua inconstitucionalidade. Tal lei não apresenta fonte de custeio como determina a Lei Orgânica do Município e a Lei Federal, e pode onerar o próprio passageiro já que compromete o custo  da tarifa.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) declara que não procede a informação que representantes do sindicato tenham se reunido com os vereadores Seu Marcos e Isaac Oliveira para tratar sobre a validação da meia passagem aos domingos, nem muito menos que tal gratuidade já estará em vigor em Aracaju, como eles divulgaram. 
A medida depende de regulamentação e esta não aconteceu, já que se limita a Aracaju e o transporte na capital faz parte de um sistema integrado com mais três cidades da região metropolitana. O Setransp ressalta ainda que essa temática envolvendo a ampliação de gratuidades no transporte coletivo, promulgada como lei pela Câmara de Vereadores, foi vetada anteriormente pela Prefeitura de Aracaju devido a sua inconstitucionalidade. Tal lei não apresenta fonte de custeio como determina a Lei Orgânica do Município e a Lei Federal, e pode onerar o próprio passageiro já que compromete o custo  da tarifa.