Filarmônica dará aulas na comunidade da ilha de Mem de Sá

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/06/2018 às 05:59:00

 

A comunidade da Ilha de Mem de Sá, em Itaporanga D´Ajuda, participou da aula inaugural de música ministrada por integrantes da Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição, de Itabaiana. Crianças, adolescentes e adultos do povoado acompanharam a primeira aula, realizada sábado, dia 02 de junho, na Escola Valdemar Fontes Cardoso.  O projeto "Música na Ilha" é fruto da destinação de recursos pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) para a Filarmônica de Itabaiana, em contrapartida ficou acordado a implementação desse projeto.
O procurador do Trabalho Manoel Adroaldo Bispo explica como surgiu o acordo. "Essa ideia já existia dentro da comunidade - a necessidade da musicalidade como inclusão dos jovens, adolescentes e das crianças da Ilha - e em uma ocasião nós tivemos conhecimento de que a Orquestra Sinfônica de Itabaiana, Nossa Senhora da Conceição, tinha projetos mais ou menos nessa linha. O projeto foi apresentado ao maestro que de prontidão se comprometeu a ministrar as aulas e destinar parte dos instrumentos para os alunos da Ilha".
Inicialmente as aulas de flauta doce, violão e percussão serão ministradas apenas para crianças e adolescentes, mas o projeto deve ser ampliado também para os adultos que manifestarem interesse.

A comunidade da Ilha de Mem de Sá, em Itaporanga D´Ajuda, participou da aula inaugural de música ministrada por integrantes da Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição, de Itabaiana. Crianças, adolescentes e adultos do povoado acompanharam a primeira aula, realizada sábado, dia 02 de junho, na Escola Valdemar Fontes Cardoso.  O projeto "Música na Ilha" é fruto da destinação de recursos pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) para a Filarmônica de Itabaiana, em contrapartida ficou acordado a implementação desse projeto.
O procurador do Trabalho Manoel Adroaldo Bispo explica como surgiu o acordo. "Essa ideia já existia dentro da comunidade - a necessidade da musicalidade como inclusão dos jovens, adolescentes e das crianças da Ilha - e em uma ocasião nós tivemos conhecimento de que a Orquestra Sinfônica de Itabaiana, Nossa Senhora da Conceição, tinha projetos mais ou menos nessa linha. O projeto foi apresentado ao maestro que de prontidão se comprometeu a ministrar as aulas e destinar parte dos instrumentos para os alunos da Ilha".
Inicialmente as aulas de flauta doce, violão e percussão serão ministradas apenas para crianças e adolescentes, mas o projeto deve ser ampliado também para os adultos que manifestarem interesse.