Huse atende 680 usuários e registra menor taxa de acidentes motociclísticos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Recepção do Hospital de Urgência de Sergipe
Recepção do Hospital de Urgência de Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/06/2018 às 06:02:00

 

Durante os finais de 
semana a procura 
por internação no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) tem maior preferência por parte dos usuários. No período de 1 a 3 foram registrados 680 atendimentos. Desse total, 92 ficaram internados nas dependências do hospital, de acordo com a classificação de risco. Foram 58 pacientes na ortopedia, 77 na sutura, 245 na pediatria, 260 na Área Azul adulto, além de três pacientes atendidos na oftalmologia e 17 pacientes do otorrinolaringologista.
O que mais chamou a atenção da Coordenação do Pronto Socorro foi o número menor de vítimas de acidente motociclístico, levando em conta estatísticas anteriores. Foram registrados 18 casos, sendo que sete pacientes continuaram internados em observação e para outros procedimentos. A violência urbana registrou cinco vítimas de agressão física, oito de arma de fogo e  quatro de arma branca.
O jovem Alberto Luís Silva, 23, se envolveu em um acidente motociclístico e confessa que usou bebida alcoólica. "Eu sabia do risco e mesmo assim fiz essa coisa errada, agora estou pagando o preço aqui no hospital. Foi muito rápido e como chovia o meu pneu não respondeu na hora que fui frear. Estou melhor. Machuquei as costas e me arranhei muito, mas, poderia ser pior", afirmou.
Os profissionais que atuam no PS do Huse são profissionais engajados e que agilizam os mais diversos atendimentos, entre clínicos, cirúrgicos, pediátricos, administração de medicamentos e ortopédicos. Os ambulatórios de retorno e oncologia totalizaram 7 atendimentos neste final de semana mas sem internações.

Durante os finais de  semana a procura  por internação no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) tem maior preferência por parte dos usuários. No período de 1 a 3 foram registrados 680 atendimentos. Desse total, 92 ficaram internados nas dependências do hospital, de acordo com a classificação de risco. Foram 58 pacientes na ortopedia, 77 na sutura, 245 na pediatria, 260 na Área Azul adulto, além de três pacientes atendidos na oftalmologia e 17 pacientes do otorrinolaringologista.
O que mais chamou a atenção da Coordenação do Pronto Socorro foi o número menor de vítimas de acidente motociclístico, levando em conta estatísticas anteriores. Foram registrados 18 casos, sendo que sete pacientes continuaram internados em observação e para outros procedimentos. A violência urbana registrou cinco vítimas de agressão física, oito de arma de fogo e  quatro de arma branca.
O jovem Alberto Luís Silva, 23, se envolveu em um acidente motociclístico e confessa que usou bebida alcoólica. "Eu sabia do risco e mesmo assim fiz essa coisa errada, agora estou pagando o preço aqui no hospital. Foi muito rápido e como chovia o meu pneu não respondeu na hora que fui frear. Estou melhor. Machuquei as costas e me arranhei muito, mas, poderia ser pior", afirmou.
Os profissionais que atuam no PS do Huse são profissionais engajados e que agilizam os mais diversos atendimentos, entre clínicos, cirúrgicos, pediátricos, administração de medicamentos e ortopédicos. Os ambulatórios de retorno e oncologia totalizaram 7 atendimentos neste final de semana mas sem internações.