CPI do Lixo vai ouvir hoje delegada Danielle Garcia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/06/2018 às 06:17:00

 

Atendendo a um Re
querimento de au
toria do vereador Fábio Meireles (PPS), os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura supostas irregularidades nos contratos da limpeza pública de Aracaju vão ouvir, nesta terça-feira (5) a Danielle Garcia, ex-coordenadora do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deotap), da Polícia Civil. Também será ouvido o delegado Gabriel Nogueira. 
Meireles destacou que a intenção é que os parlamentares possam obter informações técnicas que foram coletadas pela equipe que foi coordenada por Danielle Garcia no curso do inquérito que investigou os contratos emergenciais celebrados entre a Prefeitura de Aracaju e a empresa Torre. "Essas oitivas servirão para subsidiar os trabalhados da comissão de forma embasada e sem açodamentos", disse o vereador.
Fábio informou que a sessão deve ocorrer a partir das 15 horas no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) e, como as anteriores, deve ser aberta aos cidadãos e transmitida por meio da TV Câmara. "Cada integrante da comissão está imbuído no propósito único de conduzir os trabalhos de forma independente e coerente, por isso, tenho certeza que será um momento importante para esclarecer quaisquer dúvidas a respeito dos contratos celebrados pelo Executivo", reforçou o vereador.

Atendendo a um Re querimento de au toria do vereador Fábio Meireles (PPS), os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura supostas irregularidades nos contratos da limpeza pública de Aracaju vão ouvir, nesta terça-feira (5) a Danielle Garcia, ex-coordenadora do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deotap), da Polícia Civil. Também será ouvido o delegado Gabriel Nogueira. 
Meireles destacou que a intenção é que os parlamentares possam obter informações técnicas que foram coletadas pela equipe que foi coordenada por Danielle Garcia no curso do inquérito que investigou os contratos emergenciais celebrados entre a Prefeitura de Aracaju e a empresa Torre. "Essas oitivas servirão para subsidiar os trabalhados da comissão de forma embasada e sem açodamentos", disse o vereador.
Fábio informou que a sessão deve ocorrer a partir das 15 horas no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) e, como as anteriores, deve ser aberta aos cidadãos e transmitida por meio da TV Câmara. "Cada integrante da comissão está imbuído no propósito único de conduzir os trabalhos de forma independente e coerente, por isso, tenho certeza que será um momento importante para esclarecer quaisquer dúvidas a respeito dos contratos celebrados pelo Executivo", reforçou o vereador.