Acusados de explodir caixas em Alagoas são presos em Canindé

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A PM conseguiu acabar com quadrilha de assaltantes de bancos que agiam no sertão
A PM conseguiu acabar com quadrilha de assaltantes de bancos que agiam no sertão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/06/2018 às 06:49:00

 

Seis pessoas foram presas em uma operação conjunta da Polícia Militar de Sergipe com a Polícia Civil de Alagoas. Elas são suspeitas de envolvimento em ataques a agências bancárias no Sertão alagoano. Segundo a PM sergipana, equipes do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), sediado em Canindé do São Francisco, tiveram informações sobre a presença de um homem na região, identificado como Egídio. Contra ele, pesava prisões por explosões de caixas eletrônicos e roubos a bancos, na região Nordeste e Norte.
Com a continuação dos trabalhos, outras quatro pessoas foram localizadas em uma Pousada, em Canindé do São Francisco. A polícia acredita que eles faziam algum levantamento na região para explodir caixas eletrônicos. Os suspeitos investigados foram encaminhados para Maceió (AL), já que estavam sendo investigados pela polícia alagoana. A operação tinha começado na quarta-feira e contou com outras duas prisões em Delmiro Gouveia (AL).
Entre as ações criminosas atribuídas aos suspeitos estão o assalto ocorrido em Piranhas, em abril deste ano, e as explosões de agências em Pão de Açúcar que aconteceram na semana passada. Os suspeitos também são investigados por assaltos a carros-fortes. Ainda segundo a polícia, alguns dos suspeitos foram presos em cumprimento de mandados judiciais, e outros em flagrante. Além da ação conjunta com a Polícia Civil de Alagoas, participaram da ação policiais militares da Companhia Integrada de Operações em Áreas de Caatinga (Ciopac).

Seis pessoas foram presas em uma operação conjunta da Polícia Militar de Sergipe com a Polícia Civil de Alagoas. Elas são suspeitas de envolvimento em ataques a agências bancárias no Sertão alagoano. Segundo a PM sergipana, equipes do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), sediado em Canindé do São Francisco, tiveram informações sobre a presença de um homem na região, identificado como Egídio. Contra ele, pesava prisões por explosões de caixas eletrônicos e roubos a bancos, na região Nordeste e Norte.
Com a continuação dos trabalhos, outras quatro pessoas foram localizadas em uma Pousada, em Canindé do São Francisco. A polícia acredita que eles faziam algum levantamento na região para explodir caixas eletrônicos. Os suspeitos investigados foram encaminhados para Maceió (AL), já que estavam sendo investigados pela polícia alagoana. A operação tinha começado na quarta-feira e contou com outras duas prisões em Delmiro Gouveia (AL).
Entre as ações criminosas atribuídas aos suspeitos estão o assalto ocorrido em Piranhas, em abril deste ano, e as explosões de agências em Pão de Açúcar que aconteceram na semana passada. Os suspeitos também são investigados por assaltos a carros-fortes. Ainda segundo a polícia, alguns dos suspeitos foram presos em cumprimento de mandados judiciais, e outros em flagrante. Além da ação conjunta com a Polícia Civil de Alagoas, participaram da ação policiais militares da Companhia Integrada de Operações em Áreas de Caatinga (Ciopac).