Sergipe treina no palco da "decisão"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Sergipe treinou na Arena Batistão, palco do jogo deste sábado contra o Brasiliense
Sergipe treinou na Arena Batistão, palco do jogo deste sábado contra o Brasiliense

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/06/2018 às 07:17:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O treinador Edmilson 
Silva comandou na 
tarde desta quinta-feira, o treino apronto do Sergipe, com vistas à partida deste sábado às 16 horas na Arena Batistão contra o Brasiliense. O treino aconteceu na Arena Batistão, palco do jogo, considerados por muito como uma grande decisão. A partida abre a oportunidade de o Sergipe prosseguir no Brasileiro da Série D, ou fechar as portas na atual temporada.
No treino de ontem na Arena Batistão, Edmilson começou a esboçar a equipe que ele pretende colocar em campo contra o Brasiliense. Será uma equipe mais experiente, com jogadores bem rodados e que sabem o que representa uma partida desse porte. O técnico terá o retorno do lateral direito Rhuan e do meio campista Diogo Paulista, que oferece uma maior proteção à frente da zaga e mais agilidade na lateral direita. Os atletas estiveram fora time nos últimos compromissos. 
Como um dos mais experientes do time, o meia Ramalho disse que esse é o jogo onde os mais experientes têm que chamar para sai a responsabilidade do jogo e não deixar de orientar os mais jovens, alertando-os para a responsabilidade que cada um terá dentro de campo.
- Claro que o resultado não era o que queríamos nesse primeiro jogo, principalmente por ter jogado bem, mas pegamos uma equipe boa. Para o segundo jogo, temos que ter atenção pela qualidade do adversário, agora devemos nos impor porque jogaremos em casa. Vai ser um jogaço, como foi o primeiro jogo. A primeira eles venceram, a segunda nós temos condições de vencê-los. Precisamos ter muita atenção porque é uma equipe de qualidade - analisou Ramalho.
O capitão Ramalho solicita o apoio da torcida para essa partida. "Gostaria de dizer à torcida que compareça. Independente de quantas mil estarão lá no Batistão, quem estiver, cante por nós. Com certeza vamos correr muito e nos dedicar sempre, como está sendo em todos os jogos, não vai faltar disposição. O torcedor vai cantar e pular nas arquibancadas e a gente vai brigar pelas vitórias dentro de campo", destacou o capitão do Sergipe, o volante Ramalho.
Outro que acredita no apoio da torcida é o meia Brendon destaque do Sergipe nas ultimas paridas. 
- Acho que chegou a hora da torcida acreditar e nos apoiar o tempo todo. Vamos precisar muito deles sábado. Somos muito mais fortes tendo o nosso 12º jogador, que é a nossa torcida. Eles devem ter ideia da força que eles passam para gente, por isso eu tenho certeza que sábado, o Batistão vai estar lotado - comentou o volante Brendon.

O treinador Edmilson  Silva comandou na  tarde desta quinta-feira, o treino apronto do Sergipe, com vistas à partida deste sábado às 16 horas na Arena Batistão contra o Brasiliense. O treino aconteceu na Arena Batistão, palco do jogo, considerados por muito como uma grande decisão. A partida abre a oportunidade de o Sergipe prosseguir no Brasileiro da Série D, ou fechar as portas na atual temporada.
No treino de ontem na Arena Batistão, Edmilson começou a esboçar a equipe que ele pretende colocar em campo contra o Brasiliense. Será uma equipe mais experiente, com jogadores bem rodados e que sabem o que representa uma partida desse porte. O técnico terá o retorno do lateral direito Rhuan e do meio campista Diogo Paulista, que oferece uma maior proteção à frente da zaga e mais agilidade na lateral direita. Os atletas estiveram fora time nos últimos compromissos. 
Como um dos mais experientes do time, o meia Ramalho disse que esse é o jogo onde os mais experientes têm que chamar para sai a responsabilidade do jogo e não deixar de orientar os mais jovens, alertando-os para a responsabilidade que cada um terá dentro de campo.
- Claro que o resultado não era o que queríamos nesse primeiro jogo, principalmente por ter jogado bem, mas pegamos uma equipe boa. Para o segundo jogo, temos que ter atenção pela qualidade do adversário, agora devemos nos impor porque jogaremos em casa. Vai ser um jogaço, como foi o primeiro jogo. A primeira eles venceram, a segunda nós temos condições de vencê-los. Precisamos ter muita atenção porque é uma equipe de qualidade - analisou Ramalho.
O capitão Ramalho solicita o apoio da torcida para essa partida. "Gostaria de dizer à torcida que compareça. Independente de quantas mil estarão lá no Batistão, quem estiver, cante por nós. Com certeza vamos correr muito e nos dedicar sempre, como está sendo em todos os jogos, não vai faltar disposição. O torcedor vai cantar e pular nas arquibancadas e a gente vai brigar pelas vitórias dentro de campo", destacou o capitão do Sergipe, o volante Ramalho.
Outro que acredita no apoio da torcida é o meia Brendon destaque do Sergipe nas ultimas paridas. - Acho que chegou a hora da torcida acreditar e nos apoiar o tempo todo. Vamos precisar muito deles sábado. Somos muito mais fortes tendo o nosso 12º jogador, que é a nossa torcida. Eles devem ter ideia da força que eles passam para gente, por isso eu tenho certeza que sábado, o Batistão vai estar lotado - comentou o volante Brendon.