Suspeitos de latrocínio em Poço Verde morrem em confronto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/06/2018 às 06:31:00

 

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar resultou na elucidação do latrocínio contra Manoel Messias dos Reis, 49 anos, que foi morto na noite do último sábado em Poço Verde (Centro-Sul). As buscas aos autores do crime tiveram início logo após a ação criminosa e foram concluídas durante a manhã do domingo.
Durante as buscas, conduzidas pelo delegado Fábio Pimentel e pelo tenente-coronel Alexsandro Ribeiro, constatou-se a autoria do latrocínio por parte de um adolescente de 14 anos, que faria parte de uma associação criminosa da qual o irmão, de 18 anos, pertencia. O adulto, que possuía mandado de internação em aberto por roubo, foi localizado e ao perceber a presença das equipes policiais entrou em confronto. Durante a troca de tiros um policial foi atingido de raspão, socorrido e encontra-se bem. O acusado do crime foi alvejado, também foi socorrido mas veio a óbito logo em seguida. 
Em continuação da operação, dois traficantes foram detidos, um adolescente e um maior de idade. Por meio do menor de idade, chegou-se ao outro acusado de tráfico de drogas. No fundo da casa desse, foi localizado o menor de idade, acusado do latrocínio. Ele também entrou em confronto com os policiais, foi atingido, socorrido, mas também não resistiu aos ferimentos.
Ambos já eram investigados pela prática de outros crimes na cidade, como roubos, posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e homicídios. Os outros dois detidos durante a operação de busca pelo acusado do latrocínio foram encaminhados a uma unidade policial. No local, foram apreendidas drogas e dois revólveres usados nos confrontos. 

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar resultou na elucidação do latrocínio contra Manoel Messias dos Reis, 49 anos, que foi morto na noite do último sábado em Poço Verde (Centro-Sul). As buscas aos autores do crime tiveram início logo após a ação criminosa e foram concluídas durante a manhã do domingo.
Durante as buscas, conduzidas pelo delegado Fábio Pimentel e pelo tenente-coronel Alexsandro Ribeiro, constatou-se a autoria do latrocínio por parte de um adolescente de 14 anos, que faria parte de uma associação criminosa da qual o irmão, de 18 anos, pertencia. O adulto, que possuía mandado de internação em aberto por roubo, foi localizado e ao perceber a presença das equipes policiais entrou em confronto. Durante a troca de tiros um policial foi atingido de raspão, socorrido e encontra-se bem. O acusado do crime foi alvejado, também foi socorrido mas veio a óbito logo em seguida. 
Em continuação da operação, dois traficantes foram detidos, um adolescente e um maior de idade. Por meio do menor de idade, chegou-se ao outro acusado de tráfico de drogas. No fundo da casa desse, foi localizado o menor de idade, acusado do latrocínio. Ele também entrou em confronto com os policiais, foi atingido, socorrido, mas também não resistiu aos ferimentos.
Ambos já eram investigados pela prática de outros crimes na cidade, como roubos, posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e homicídios. Os outros dois detidos durante a operação de busca pelo acusado do latrocínio foram encaminhados a uma unidade policial. No local, foram apreendidas drogas e dois revólveres usados nos confrontos.