Definidos os vencedores do Hackathon UFS

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/06/2018 às 05:16:00

 

Depois de cerca de 40 horas de confinamento dos maratonistas, foi divulgado no domingo (17) o resultado final do Hackathon UFS, maratona cujo objetivo é propor soluções tecnológicas por meio da participação cidadã.
Mais de 30 competidores se concentraram no Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), durante todo este final de semana, quando alunos, professores e servidores de diversas áreas do conhecimento, além de profissionais da área de Computação, se empenharam para desenvolver protótipos de soluções tecnológicas para oito desafios.
O primeiro lugar ficou com o desafio Divulgação de Ações e Pesquisas em Andamento no HU e na UFS. Douglas Déda, um dos componentes da equipe vencedora, não escondeu a satisfação por levar o primeiro prêmio.
O segundo lugar foi para o desafio Gestão Eletrônica das Ações e Programas de Bolsas na UFS, já o terceiro ficou com a equipe responsável pelo desafio Prevenção e Suporte aos Cidadãos Universitários do HU contra Doenças Depressivas. O primeiro grupo classificado recebe R$ 3 mil; o segundo, R$ 2 mil e o terceiro R$ 1 mil. Os prêmios são frutos de patrocínios privados.
Os demais temas classificados, nesta ordem, foram Identificação de Informações para o Portal de Dados Abertos; Controle e Monitoramento em Parcerias para Estágios; Otimização no Uso do Estacionamento do HU; Audiências Públicas Assíncronas e Uso Racional e Eficiente de Condicionadores de Ar.

Depois de cerca de 40 horas de confinamento dos maratonistas, foi divulgado no domingo (17) o resultado final do Hackathon UFS, maratona cujo objetivo é propor soluções tecnológicas por meio da participação cidadã.
Mais de 30 competidores se concentraram no Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), durante todo este final de semana, quando alunos, professores e servidores de diversas áreas do conhecimento, além de profissionais da área de Computação, se empenharam para desenvolver protótipos de soluções tecnológicas para oito desafios.
O primeiro lugar ficou com o desafio Divulgação de Ações e Pesquisas em Andamento no HU e na UFS. Douglas Déda, um dos componentes da equipe vencedora, não escondeu a satisfação por levar o primeiro prêmio.
O segundo lugar foi para o desafio Gestão Eletrônica das Ações e Programas de Bolsas na UFS, já o terceiro ficou com a equipe responsável pelo desafio Prevenção e Suporte aos Cidadãos Universitários do HU contra Doenças Depressivas. O primeiro grupo classificado recebe R$ 3 mil; o segundo, R$ 2 mil e o terceiro R$ 1 mil. Os prêmios são frutos de patrocínios privados.
Os demais temas classificados, nesta ordem, foram Identificação de Informações para o Portal de Dados Abertos; Controle e Monitoramento em Parcerias para Estágios; Otimização no Uso do Estacionamento do HU; Audiências Públicas Assíncronas e Uso Racional e Eficiente de Condicionadores de Ar.