Agrese apresenta estudos iniciais sobre viabilidade da concessão da BR-235

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/06/2018 às 07:47:00

 

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) realiza uma reunião nesta quarta-feira para apresentar os trabalhos iniciais do estudo de viabilidade técnica e econômico-financeira para subsidiar a concessão da BR-235, no trecho rodoviário delegado ao Estado de Sergipe, conforme convênio celebrado com a União. O trecho em questão está situado entre a saída de Aracaju e o povoado Terra Dura, no município de Itabaiana.
Na ocasião, representantes do Ministério dos Transportes, profissionais da Agrese, membros do consórcio autorizado e técnicos do DER apresentarão detalhes dos estudos.
Atualmente, a BR-235 é o principal eixo de integração de Aracaju com o interior do estado, sendo também a principal ligação rodoviária com um dos principais polos turístico de Sergipe, o Cânion de Xingó, situado no município de Canindé de São Francisco.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) realiza uma reunião nesta quarta-feira para apresentar os trabalhos iniciais do estudo de viabilidade técnica e econômico-financeira para subsidiar a concessão da BR-235, no trecho rodoviário delegado ao Estado de Sergipe, conforme convênio celebrado com a União. O trecho em questão está situado entre a saída de Aracaju e o povoado Terra Dura, no município de Itabaiana.
Na ocasião, representantes do Ministério dos Transportes, profissionais da Agrese, membros do consórcio autorizado e técnicos do DER apresentarão detalhes dos estudos.
Atualmente, a BR-235 é o principal eixo de integração de Aracaju com o interior do estado, sendo também a principal ligação rodoviária com um dos principais polos turístico de Sergipe, o Cânion de Xingó, situado no município de Canindé de São Francisco.