Orçamento para 2019 será discutido em audiência pública

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/06/2018 às 08:47:00

 

Por meio de audiência pública a ser realizada no próximo dia 27 de junho, o Governo do Estado começa a discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019. A LDO estipula as prioridades e metas do governo para o exercício financeiro do próximo ano. O documento é o elo entre os programas e estratégias do Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).
De acordo com o superintendente de Planejamento Econômico e Orçamento do Governo do Estado, Guilherme Rebouças, durante a reunião será discutido as bases para a elaboração do orçamento 2019 e as condições macro econômicas que o Estado está prevendo para o próximo ano e como isso irá impactar nas receitas e despesas.
Para Guilherme, a Lei de Diretrizes Orçamentárias regra a execução, as metas e as prioridades da alocação do orçamento. "A LDO é quem orienta a elaboração do orçamento; por isso, o cidadão deve opinar e participar desse processo."
A audiência pública será realizada no auditório da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG), localizado na Rua Duque de Caxias, 346, Bairro São José, a partir das 9h. E contará com a participação de representantes do Governo, Sindicatos, Associações e da sociedade civil.

Por meio de audiência pública a ser realizada no próximo dia 27 de junho, o Governo do Estado começa a discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019. A LDO estipula as prioridades e metas do governo para o exercício financeiro do próximo ano. O documento é o elo entre os programas e estratégias do Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).
De acordo com o superintendente de Planejamento Econômico e Orçamento do Governo do Estado, Guilherme Rebouças, durante a reunião será discutido as bases para a elaboração do orçamento 2019 e as condições macro econômicas que o Estado está prevendo para o próximo ano e como isso irá impactar nas receitas e despesas.
Para Guilherme, a Lei de Diretrizes Orçamentárias regra a execução, as metas e as prioridades da alocação do orçamento. "A LDO é quem orienta a elaboração do orçamento; por isso, o cidadão deve opinar e participar desse processo."
A audiência pública será realizada no auditório da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG), localizado na Rua Duque de Caxias, 346, Bairro São José, a partir das 9h. E contará com a participação de representantes do Governo, Sindicatos, Associações e da sociedade civil.