Deputados aprovam LDO em 2ª discussão na Alese

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/06/2018 às 07:29:00

 

Na manhã dessa quarta-feira (20) os deputados estaduais apreciaram e aprovaram, por unanimidade, em plenário, em 2ª discussão, o projeto do Poder Executivo que versa sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para o exercício de 2019. Mediante acordo entre os líderes partidários e respeitando o interstício regimental, a proposta será votada em 3ª discussão e em Redação Final, na próxima terça-feira (26).
Na oportunidade serão apreciadas e votadas as emendas dos parlamentares à LDO. Só após a sua aprovação o parlamento iniciará o recesso por 30 dias. O presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB) acordou com o líder do governo, deputado Francisco Gualberto (PT) e com os demais líderes partidários no sentido que as emendas sejam apresentadas até a próxima segunda-feira (25).
A LDO estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte, fixando o montante de recursos que o Governo do Estado pretende economizar, traçar regras, vedações e limites para as despesas dos poderes. Além da LDO, os deputados aprovaram uma série de indicações de autoria dos próprios parlamentares.

Na manhã dessa quarta-feira (20) os deputados estaduais apreciaram e aprovaram, por unanimidade, em plenário, em 2ª discussão, o projeto do Poder Executivo que versa sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para o exercício de 2019. Mediante acordo entre os líderes partidários e respeitando o interstício regimental, a proposta será votada em 3ª discussão e em Redação Final, na próxima terça-feira (26).
Na oportunidade serão apreciadas e votadas as emendas dos parlamentares à LDO. Só após a sua aprovação o parlamento iniciará o recesso por 30 dias. O presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB) acordou com o líder do governo, deputado Francisco Gualberto (PT) e com os demais líderes partidários no sentido que as emendas sejam apresentadas até a próxima segunda-feira (25).
A LDO estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte, fixando o montante de recursos que o Governo do Estado pretende economizar, traçar regras, vedações e limites para as despesas dos poderes. Além da LDO, os deputados aprovaram uma série de indicações de autoria dos próprios parlamentares.