Servidores poderão antecipar primeira parcela do 13º salário a partir do dia 02

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/06/2018 às 07:31:00

 

Durante o programa 
Papo Reto, exibido 
ao vivo no facebook todas às quartas-feiras, o governador Belivaldo Chagas trouxe uma ótima notícia para os servidores estaduais: a primeira parcela do 13°salário salário poderá ser antecipada a partir do dia 02 de julho. A antecipação será disponibilizada também aos aposentados e pensionistas do Estado. 
"Vamos antecipar 50 % do décimo-terceiro salário dos servidores do Estado. É bom esclarecer que o Estado não é obrigado a pagar a primeira parcela do décimo no meio do ano. Estamos fazendo um esforço para atender nossos servidores. A antecipação se dará de duas maneiras: de forma integral ou parcelada em cinco vezes. A partir do dia 2 de julho, o servidor poderá requisitar antecipação de 50% do 13º de forma integral ao Banese. Já o servidor que optar pela forma parcelada da metade do 13º, receberá a partir de agosto a primeira das cinco parcelas, e assim se dará mês a mês até dezembro", informou o governador.

Durante o programa  Papo Reto, exibido  ao vivo no facebook todas às quartas-feiras, o governador Belivaldo Chagas trouxe uma ótima notícia para os servidores estaduais: a primeira parcela do 13°salário salário poderá ser antecipada a partir do dia 02 de julho. A antecipação será disponibilizada também aos aposentados e pensionistas do Estado. 
"Vamos antecipar 50 % do décimo-terceiro salário dos servidores do Estado. É bom esclarecer que o Estado não é obrigado a pagar a primeira parcela do décimo no meio do ano. Estamos fazendo um esforço para atender nossos servidores. A antecipação se dará de duas maneiras: de forma integral ou parcelada em cinco vezes. A partir do dia 2 de julho, o servidor poderá requisitar antecipação de 50% do 13º de forma integral ao Banese. Já o servidor que optar pela forma parcelada da metade do 13º, receberá a partir de agosto a primeira das cinco parcelas, e assim se dará mês a mês até dezembro", informou o governador.