Brasil escalado para duelo com a Costa Rica

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O lateral Fagner ganhou a posição de titular depois de constatada a lesão de Danilo
O lateral Fagner ganhou a posição de titular depois de constatada a lesão de Danilo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/06/2018 às 07:45:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br 
O técnico da Seleção 
Brasileira, Tite, adi-
antou que o Brasil vai a campo contra a Costa Rica com o mesmo time que começou a partida de estreia na Copa do Mundo, contra a Suíça. A única mudança é na lateral direita. Danilo sofreu uma lesão no treino desta quinta-feira e será substituído por Fagner.
Assim, o time terá esta formação: Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. A confirmação foi dada na coletiva de imprensa do comandante brasileiro antes do treino da tarde desta quinta-feira (21), na Arena Zenit, em São Petersburgo, palco da partida desta válida pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018, nesta sexta-feira (22).
- É a mesma equipe que iniciou o jogo contra a Suíça. Como disse o Thiago (Silva), todos os jogos temos que ter uma boa atuação e vencer. Este jogo também. Ajustes. Ser efetivo. Transformar as oportunidades em gol, e ela te dá essa condição. 
Na partida contra a Costa Rica, o zagueiro Thiago Silva foi o escolhido da vez para ostentar a braçadeira de capitão. O jogador reforçou que, independente ou não de ser o capitão, vai sempre dar o seu melhor, e que o grupo possui várias lideranças. 
- Fico bastante tranquilo. É dar o máximo para a seleção brasileira, independentemente de estar com a braçadeira ou não. A gente consegue dividir essa responsabilidade dentro de campo. Temos características diferentes, mas estamos muito bem servidos.
O técnico Tite elogiou a maturidade do zagueiro e a forma como buscou recuperar o seu espaço na Seleção após o último Mundial:
- Se pegássemos todo mundo que foi criticado na última Copa do Mundo, teríamos terra arrasada. E a vida, o futebol não são assim. Coloquei coerentemente que havia uma série de atletas com maturidade suficiente para continuar esse rodízio. 
A Seleção Brasileira encara a Costa Rica nesta sexta-feira (22) às 9h (horário de Brasília) no Estádio Krestovsky , em São Petersburgo. O jogo é válido pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Brasil soma um ponto com o empate em 1 a 1 na estreia contra a Rússia. Já a Costa Rica perdeu por 1 a 0 para a Sérvia. 

O técnico da Seleção  Brasileira, Tite, adi- antou que o Brasil vai a campo contra a Costa Rica com o mesmo time que começou a partida de estreia na Copa do Mundo, contra a Suíça. A única mudança é na lateral direita. Danilo sofreu uma lesão no treino desta quinta-feira e será substituído por Fagner.
Assim, o time terá esta formação: Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. A confirmação foi dada na coletiva de imprensa do comandante brasileiro antes do treino da tarde desta quinta-feira (21), na Arena Zenit, em São Petersburgo, palco da partida desta válida pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018, nesta sexta-feira (22).
- É a mesma equipe que iniciou o jogo contra a Suíça. Como disse o Thiago (Silva), todos os jogos temos que ter uma boa atuação e vencer. Este jogo também. Ajustes. Ser efetivo. Transformar as oportunidades em gol, e ela te dá essa condição. 
Na partida contra a Costa Rica, o zagueiro Thiago Silva foi o escolhido da vez para ostentar a braçadeira de capitão. O jogador reforçou que, independente ou não de ser o capitão, vai sempre dar o seu melhor, e que o grupo possui várias lideranças. 
- Fico bastante tranquilo. É dar o máximo para a seleção brasileira, independentemente de estar com a braçadeira ou não. A gente consegue dividir essa responsabilidade dentro de campo. Temos características diferentes, mas estamos muito bem servidos.
O técnico Tite elogiou a maturidade do zagueiro e a forma como buscou recuperar o seu espaço na Seleção após o último Mundial:
- Se pegássemos todo mundo que foi criticado na última Copa do Mundo, teríamos terra arrasada. E a vida, o futebol não são assim. Coloquei coerentemente que havia uma série de atletas com maturidade suficiente para continuar esse rodízio. 
A Seleção Brasileira encara a Costa Rica nesta sexta-feira (22) às 9h (horário de Brasília) no Estádio Krestovsky , em São Petersburgo. O jogo é válido pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Brasil soma um ponto com o empate em 1 a 1 na estreia contra a Rússia. Já a Costa Rica perdeu por 1 a 0 para a Sérvia.