Arraiá do Povo traz forró com orgulho e paixão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/06/2018 às 07:07:00

 

As noites de Arraiá do Povo têm sido marcadas pela emoção, superando as expectativas de sergipanos e turistas. A programação, as variadas comidas típicas e a segurança do local são os principais atrativos do evento que integra o Encontro Nordestino de Cultura, organizado pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).
Que o Nordeste é terra de forró e de Luiz Gonzaga todo mundo sabe, e é por isso que em Sergipe tudo é feito nos mínimos detalhes para preservar a tradição junina que tanto orgulha o Estado, como explica o governador Belivaldo Chagas. "É indispensável a realização do Arraiá, pois aqui podemos reunir em um só lugar diversas manifestações culturais do nosso Estado. Aqui a família se sente em paz e é assim que queremos que o povo sergipano se sinta", diz.
Há quatro anos, a festa ganhou o selo de Encontro Nordestino de Cultura, dando mais credibilidade, e acrescentando à sua marca o selo de uma programação formada exclusivamente por artistas que trabalham com a música tradicional junina e na sua valorização. "Hoje temos uma inversão de estilos muito grande nas festas juninas por todo o país. E o que procuramos fazer na programação do Arraiá do Povo é dar continuidade a esse resgate do forró tradicional que é tão importante", afirma o secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama.
Uma das atrações da primeira semana de festa foi Joquinha Gonzaga, sobrinho de Luiz Gonzaga. Frisando que essa é uma festa com autenticidade junina, Joquinha fez um apelo para que a tradição seja mantida. "Essa festa mistura artistas locais e nacionais, mas não perde a essência e isso deve ser espalhado por todo o país para que as pessoas venham e conheçam de perto a cultura nordestina, o forró de verdade. E eu acho espetacular esse espaço e essa festa porque aqui está tudo autêntico e é isso que o povo quer", afirma.

As noites de Arraiá do Povo têm sido marcadas pela emoção, superando as expectativas de sergipanos e turistas. A programação, as variadas comidas típicas e a segurança do local são os principais atrativos do evento que integra o Encontro Nordestino de Cultura, organizado pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).
Que o Nordeste é terra de forró e de Luiz Gonzaga todo mundo sabe, e é por isso que em Sergipe tudo é feito nos mínimos detalhes para preservar a tradição junina que tanto orgulha o Estado, como explica o governador Belivaldo Chagas. "É indispensável a realização do Arraiá, pois aqui podemos reunir em um só lugar diversas manifestações culturais do nosso Estado. Aqui a família se sente em paz e é assim que queremos que o povo sergipano se sinta", diz.
Há quatro anos, a festa ganhou o selo de Encontro Nordestino de Cultura, dando mais credibilidade, e acrescentando à sua marca o selo de uma programação formada exclusivamente por artistas que trabalham com a música tradicional junina e na sua valorização. "Hoje temos uma inversão de estilos muito grande nas festas juninas por todo o país. E o que procuramos fazer na programação do Arraiá do Povo é dar continuidade a esse resgate do forró tradicional que é tão importante", afirma o secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama.
Uma das atrações da primeira semana de festa foi Joquinha Gonzaga, sobrinho de Luiz Gonzaga. Frisando que essa é uma festa com autenticidade junina, Joquinha fez um apelo para que a tradição seja mantida. "Essa festa mistura artistas locais e nacionais, mas não perde a essência e isso deve ser espalhado por todo o país para que as pessoas venham e conheçam de perto a cultura nordestina, o forró de verdade. E eu acho espetacular esse espaço e essa festa porque aqui está tudo autêntico e é isso que o povo quer", afirma.