SES distribui mais de 7 mil preservativos e conscientiza forrozeiros do Arraiá do Povo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
SES distribui mais de 7 mil preservativos e conscientiza forrozeiros do Arraiá do Povo
SES distribui mais de 7 mil preservativos e conscientiza forrozeiros do Arraiá do Povo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/06/2018 às 07:19:00

 

Quem circula pelo Arraiá do Povo, na Orla de Atalaia, logo vê os stands com os serviços do Governo do Estado e é envolvido pelo acolhimento caloroso de Almir Santana, médico sanitarista e gerente do Programa IST/AIDS da Secretaria de Estado da Saúde (SES) que, com o apoio de sua equipe técnica, tem estimulado os forrozeiros a se prevenirem contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), bem como nas orientações sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. No stand, são distribuídos preservativos masculinos, femininos, gel lubrificante, além de folhetos informativos sobre as ISTs. Até o último domingo, 24, mais de 7 mil preservativos haviam sido distribuídos no evento.
Para o gerente do Programa IST/AIDS, Almir Santana, a receptividade dos sergipanos e turistas tem demonstrado a importância do trabalho de conscientização. "Estamos lançando, também, um folheto que trás informações bem didáticas sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. Quando eu vejo uma gestante, por exemplo, eu me aproximo e também converso com ela sobre a importância do pré-natal.  Aqui é uma festa familiar e tem sido muito importante esse nosso diálogo com as famílias, jovens e casais. Eles se aproximam, tiram dúvidas, fazemos demonstrações, levam preservativos e esse é um momento de troca importante", explica.

Quem circula pelo Arraiá do Povo, na Orla de Atalaia, logo vê os stands com os serviços do Governo do Estado e é envolvido pelo acolhimento caloroso de Almir Santana, médico sanitarista e gerente do Programa IST/AIDS da Secretaria de Estado da Saúde (SES) que, com o apoio de sua equipe técnica, tem estimulado os forrozeiros a se prevenirem contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), bem como nas orientações sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. No stand, são distribuídos preservativos masculinos, femininos, gel lubrificante, além de folhetos informativos sobre as ISTs. Até o último domingo, 24, mais de 7 mil preservativos haviam sido distribuídos no evento.
Para o gerente do Programa IST/AIDS, Almir Santana, a receptividade dos sergipanos e turistas tem demonstrado a importância do trabalho de conscientização. "Estamos lançando, também, um folheto que trás informações bem didáticas sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. Quando eu vejo uma gestante, por exemplo, eu me aproximo e também converso com ela sobre a importância do pré-natal.  Aqui é uma festa familiar e tem sido muito importante esse nosso diálogo com as famílias, jovens e casais. Eles se aproximam, tiram dúvidas, fazemos demonstrações, levam preservativos e esse é um momento de troca importante", explica.