Danilo e Marcelo liberados para treinar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O lateral esquerdo Marcelo já está quase recuperado e deve ser relacionado para enfrentar o México na segunda-feira
O lateral esquerdo Marcelo já está quase recuperado e deve ser relacionado para enfrentar o México na segunda-feira

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/06/2018 às 00:04:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

O médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, está otimista quanto a participação do lateral-esquerdo Marcelo no jogo de oitavas de final da Copa do Mundo, na próxima segunda-feira, às 11h (horário de Brasília), contra o México, em Samara. O jogador teve um espasmo na musculatura estabilizadora da coluna e teve de ser substituído aos nove minutos do jogo em Moscou. O problema não é considerado grave.
- Marcelo tem um espasmo na coluna, mas já melhorou. Agora é esperar um pouco, 48 horas, para ver como ele responde. Vamos aguardar um pouco mais, próximas 24 horas para ter uma resposta melhor (sobre previsão de retorno). Ele responde bem ao medicamento. É possível tê-lo nas oitavas. Tem pouco tempo, mas estou otimista. O Marcelo já teve problemas semelhantes no passado. O colchão do hotel também era um pouco mais macio do que o normal - ponderou Lasmar.
Quem também pode estar de volta no jogo contra os mexicanos é o lateral-direito Danilo, que se recupera de dores no quadril e já começou a fazer trabalhos com bola. Ele ficou fora dos últimos jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, contra Costa Rica e Sérvia.
Situação diferente vive o atacante Douglas Costa, com lesão no músculo posterior da coxa direita e sem previsão de retorno. Embora não tenha cravado a ausência do jogador do confronto das oitavas, Lasmar pregou cautela ao falar sobre o tema e, diferente de Marcelo, não disse estar otimista.
- Os dois vêm evoluindo bem, o Danilo um pouco mais avançado como já tínhamos previsto, trabalhou com bola, ainda vamos reavaliá-lo. Estamos otimistas para a participação dele já no próximo jogo. Douglas vamos aguardar chegar. Não dá para falar agora - completou o médico.