Brasil segura o México e vence por 2 a 0

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/07/2018 às 06:26:00

 

Agora só faltam três 
jogos para o hexa
campeonato. O Brasil passou pelo México nas oitavas de final, enfrenta a Bélgica sexta-feira nas quartas de final e pode pegar a França ou Uruguai nas semifinais e a partir daí seja o que Deus quiser na grande final.  
Nesta segunda-feira, a Seleção Brasileira encontrou um adversário difícil e ousado, mas venceu o México por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Neymar abriu o placar e Firmino, já nos minutos finais, garantiu a classificação. O Brasil agora vai enfrentar a Bélgica, que venceu o Japão de 3x2 de virada, depois de estar perdendo por 2x0. 
Jogo difícil - Foi a partida mais dura da seleção até agora. O México não esperou o Brasil. Começou o jogo pressionando, marcando o Brasil na frente e dificultando a saída de bola. O sistema defensivo brasileiro, no entanto, fez uma partida segura e, apesar dos 30 minutos iniciais de pressão, a bola quase não chegou ao goleiro Alisson.
A partida marcou ainda o despertar de Willian. O meio campista fazia uma Copa apagada, até o final do primeiro tempo de hoje. Na segunda etapa, finalmente fez o que se esperava dele. Com jogadas em velocidade pela direita e cortando para o meio, Willian abriu a defesa mexicana e participou do primeiro gol, dando a assistência para Neymar abrir o placar.
O jogo - O começo do jogo mostrou um México mais ofensivo, mais presente na área brasileira. O time mexicano marcava a saída de bola do Brasil na origem, dificultando o trabalho dos armadores das jogadas da seleção brasileira. O time do técnico Juan Carlos Osorio começou a partida mais ofensivo e perigoso; e o Brasil perdia a bola com facilidade. O México cercava a área brasileira, mas o goleiro Alisson trabalhou pouco. Os chutes e jogadas próximas ao gol eram neutralizados pela defesa brasileira.
O Brasil começou o segundo tempo mais perigoso. Aos dois minutos, Coutinho tabelou com Neymar e bateu forte para o gol; Ochoa defendeu. Aos cinco, o Brasil chega ao gol, com Neymar. Ele começou a jogada na entrada da área, deu um toque de calcanhar para Willian, que entrou pela esquerda e cruzou rasteiro. Neymar se jogou e empurrou a bola para o fundo do gol.
Mesmo melhor do que no primeiro tempo e na frente do placar, o jogo era difícil para o Brasil. Por várias vezes a defesa não conseguia sair jogando e precisava afastar com chutões. Aos 42 minutos, o Brasil teve a oportunidade que queria. Em contra-ataque rápido, Neymar invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Firmino, que havia acabado de entrar. O atacante só precisou escorar para o fundo das redes e fazer a torcida respirar aliviada.
O México volta para casa como sempre, nas oitavas de final. É a sétima vez seguida que o time mexicano é eliminado nessa fase. Em 2018, chocou o mundo ao vencer a Alemanha na partida de estreia. 

Agora só faltam três  jogos para o hexa campeonato. O Brasil passou pelo México nas oitavas de final, enfrenta a Bélgica sexta-feira nas quartas de final e pode pegar a França ou Uruguai nas semifinais e a partir daí seja o que Deus quiser na grande final.  
Nesta segunda-feira, a Seleção Brasileira encontrou um adversário difícil e ousado, mas venceu o México por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Neymar abriu o placar e Firmino, já nos minutos finais, garantiu a classificação. O Brasil agora vai enfrentar a Bélgica, que venceu o Japão de 3x2 de virada, depois de estar perdendo por 2x0. 

Jogo difícil - Foi a partida mais dura da seleção até agora. O México não esperou o Brasil. Começou o jogo pressionando, marcando o Brasil na frente e dificultando a saída de bola. O sistema defensivo brasileiro, no entanto, fez uma partida segura e, apesar dos 30 minutos iniciais de pressão, a bola quase não chegou ao goleiro Alisson.
A partida marcou ainda o despertar de Willian. O meio campista fazia uma Copa apagada, até o final do primeiro tempo de hoje. Na segunda etapa, finalmente fez o que se esperava dele. Com jogadas em velocidade pela direita e cortando para o meio, Willian abriu a defesa mexicana e participou do primeiro gol, dando a assistência para Neymar abrir o placar.

O jogo - O começo do jogo mostrou um México mais ofensivo, mais presente na área brasileira. O time mexicano marcava a saída de bola do Brasil na origem, dificultando o trabalho dos armadores das jogadas da seleção brasileira. O time do técnico Juan Carlos Osorio começou a partida mais ofensivo e perigoso; e o Brasil perdia a bola com facilidade. O México cercava a área brasileira, mas o goleiro Alisson trabalhou pouco. Os chutes e jogadas próximas ao gol eram neutralizados pela defesa brasileira.
O Brasil começou o segundo tempo mais perigoso. Aos dois minutos, Coutinho tabelou com Neymar e bateu forte para o gol; Ochoa defendeu. Aos cinco, o Brasil chega ao gol, com Neymar. Ele começou a jogada na entrada da área, deu um toque de calcanhar para Willian, que entrou pela esquerda e cruzou rasteiro. Neymar se jogou e empurrou a bola para o fundo do gol.
Mesmo melhor do que no primeiro tempo e na frente do placar, o jogo era difícil para o Brasil. Por várias vezes a defesa não conseguia sair jogando e precisava afastar com chutões. Aos 42 minutos, o Brasil teve a oportunidade que queria. Em contra-ataque rápido, Neymar invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Firmino, que havia acabado de entrar. O atacante só precisou escorar para o fundo das redes e fazer a torcida respirar aliviada.
O México volta para casa como sempre, nas oitavas de final. É a sétima vez seguida que o time mexicano é eliminado nessa fase. Em 2018, chocou o mundo ao vencer a Alemanha na partida de estreia.