Corpo de Bombeiros verifica condições de segurança de lojas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/07/2018 às 07:35:00

 

Milton Alves Júnior
Até amanhã profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe estarão intensificando fiscalizações em estabelecimentos instalados nos principais polos comerciais da Grande Aracaju. A ação faz parte da série de atuações operacionais incluídas na Semana de Prevenção Contra Incêndio, bem como às comemorações do Dia Nacional do Bombeiro, comemorado no último domingo (02). Somente nos últimos dois dias, mais de 50 empresários foram notificados pela corporação. Segundo o próprio CBM, mais de 80% dos locais notificados possuem condições de reverter a situação negativa com procedimento simplificado. Esses estabelecimentos estão situados, especialmente, nos calçadões das ruas João Pessoa e Laranjeiras, centro da capital.
Além de Aracaju, também receberam a fiscalização os municípios de Nossa Senhora do Socorro, Propriá, Simão Dias, Itabaiana e Estância. Paralelo ao interesse corporativo em evidenciar a importância dos Bombeiros para a sociedade em geral, essas rondas fiscalizatórias servem para garantir que todos os empresários e proprietários dos imóveis respeitem as exigências de segurança, como, principalmente, contribuam para evitar que acidentes sejam eles graves, ou não, acabem prejudicando trabalhadores e clientes. Aos notificados, fica a responsabilidade de em até 30 dias buscar a regularização junto o CBM. Para isso, primeiramente é necessário acessar o portal de notícias da corporação.
De acordo com o tenente-coronel Douglas Moraes, essas ações permitem que dúvidas constantes sejam tiradas e que irregularidades consideradas 'simples' sejam integralmente solucionadas sem implicações mais representativas. Essa é uma forma a mais de garantir aos respectivos clientes, a garantia que o estabelecimento respeita as normas de segurança exigidas pelos órgãos competentes. Questionado quanto a realização de novas rondas fiscalizatórias, o tenente-coronel destacou que o Corpo de Bombeiros deseja manter a rotina em todos os 75 municípios sergipanos. O cronograma de fiscalizações não foi apresentado como forma de inviabilizar possíveis flagrantes.
 "Desde o início do ano nós estamos aplicando medidas que ajudam ao lojista a simplificar a medidas de regularização dos problemas identificados em rondas semelhantes a estas que estamos realizando durante toda essa semana. A ideia é que os próprios donos de lojas ou proprietários dos imóveis busquem o auxílio do Corpo de Bombeiros a fim de evitar punições e acidentes. Seguimos à disposição de todos", declarou. A fim de ampliar o conhecimento coletivo, o Corpo de Bombeiros pede que, em caso de dúvidas, o cidadão deve acessar o link: www.cbm.se.gov.br. "Compartilhando esse canal de informações a imprensa sergipana também contribui para os nossos diálogos e fiscalizações", pontuou o militar.

Até amanhã profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe estarão intensificando fiscalizações em estabelecimentos instalados nos principais polos comerciais da Grande Aracaju. A ação faz parte da série de atuações operacionais incluídas na Semana de Prevenção Contra Incêndio, bem como às comemorações do Dia Nacional do Bombeiro, comemorado no último domingo (02). Somente nos últimos dois dias, mais de 50 empresários foram notificados pela corporação. Segundo o próprio CBM, mais de 80% dos locais notificados possuem condições de reverter a situação negativa com procedimento simplificado. Esses estabelecimentos estão situados, especialmente, nos calçadões das ruas João Pessoa e Laranjeiras, centro da capital.
Além de Aracaju, também receberam a fiscalização os municípios de Nossa Senhora do Socorro, Propriá, Simão Dias, Itabaiana e Estância. Paralelo ao interesse corporativo em evidenciar a importância dos Bombeiros para a sociedade em geral, essas rondas fiscalizatórias servem para garantir que todos os empresários e proprietários dos imóveis respeitem as exigências de segurança, como, principalmente, contribuam para evitar que acidentes sejam eles graves, ou não, acabem prejudicando trabalhadores e clientes. Aos notificados, fica a responsabilidade de em até 30 dias buscar a regularização junto o CBM. Para isso, primeiramente é necessário acessar o portal de notícias da corporação.
De acordo com o tenente-coronel Douglas Moraes, essas ações permitem que dúvidas constantes sejam tiradas e que irregularidades consideradas 'simples' sejam integralmente solucionadas sem implicações mais representativas. Essa é uma forma a mais de garantir aos respectivos clientes, a garantia que o estabelecimento respeita as normas de segurança exigidas pelos órgãos competentes. Questionado quanto a realização de novas rondas fiscalizatórias, o tenente-coronel destacou que o Corpo de Bombeiros deseja manter a rotina em todos os 75 municípios sergipanos. O cronograma de fiscalizações não foi apresentado como forma de inviabilizar possíveis flagrantes.
 "Desde o início do ano nós estamos aplicando medidas que ajudam ao lojista a simplificar a medidas de regularização dos problemas identificados em rondas semelhantes a estas que estamos realizando durante toda essa semana. A ideia é que os próprios donos de lojas ou proprietários dos imóveis busquem o auxílio do Corpo de Bombeiros a fim de evitar punições e acidentes. Seguimos à disposição de todos", declarou. A fim de ampliar o conhecimento coletivo, o Corpo de Bombeiros pede que, em caso de dúvidas, o cidadão deve acessar o link: www.cbm.se.gov.br. "Compartilhando esse canal de informações a imprensa sergipana também contribui para os nossos diálogos e fiscalizações", pontuou o militar.