Vagas em aberto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
\"Cidades Fortes, Sergipe Forte\", evento coordenado pelo deputado federal André Moura, reuniu prefeitos sergipanos, deputados estaduais, vereadores e representantes da sociedade civil organizada para anunciar a liberação de recursos para os munic
\"Cidades Fortes, Sergipe Forte\", evento coordenado pelo deputado federal André Moura, reuniu prefeitos sergipanos, deputados estaduais, vereadores e representantes da sociedade civil organizada para anunciar a liberação de recursos para os munic

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/07/2018 às 07:57:00

 

As pesquisas eleitorais que estão 
sendo realizadas em Sergipe para 
o Senado, incluindo as realizadas pelo Instituto Padrão e França, divulgadas ontem, mostram que estão abertas as eleições para as duas vagas de senador.
O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) vem sempre liderando as pesquisas com uma certa folga, estando embolados atrás os pré-candidatos Jackson Barreto (MDB), André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB).
Pela pesquisa Padrão, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o nº 07429/2018, Valadares está na dianteira com 22,9% das intenções de voto. Empatados tecnicamente em segundo lugar Jackson com 16,6%, André com 15,7% e Heleno com 15,7%.
Pelo Instituto França, cuja pesquisa foi registrada no TRE com o nº 04873/2018, Valadares lidera para o Senado com 13,3% e empatados tecnicamente em segundo lugar Jackson Barreto (9,4%), Heleno Silva (9,4%) e André Moura (8,8%).
Diferente de Sergipe, em outros estados, a exemplo da Bahia, já está quase que definido os dois que podem ser eleitos senador. Isso porque o ex-governador e ex-ministro da Casa Civil, Jaques Wagner (PT), lidera a eleição para o Senado com 36% de intenção de voto, conforme pesquisa do Instituto Paraná.   
Em seguida está a atual deputada federal Alice Portugal (PC do B), com 26,8%. Bem abaixo, como 3º colocado, aparece Jutahy Jr. (PSDB) com 16%, seguido de Zé Ronaldo (DEM) com 14,5%. O ex-ministro Geddel Vieira (MDB) aparece em 4º. Tem 13,4% das intenções de voto.
Em Sergipe, a vantagem de Valadares para os demais pré-candidatos ao Senado já foi maior. É mais uma constatação de que a eleição está aberta e existe uma projeção de crescimento dos pré-candidatos, que são extremamente competitivos.
Valadares já foi governador de Sergipe e está em seu terceiro mandato como senador. Jackson saiu agora do governo, já foi prefeito de Aracaju, vereador, deputado estadual e deputado federal; André já foi prefeito de Pirambú, deputado estadual, está no mandato de deputado federal e é líder do governo Michel Temer no Congresso; e Heleno foi deputado federal e ex-prefeito de Canindé do São Francisco.
Tudo caminha para esse quadro político permanecer indefinido até as eleições, uma vez que além dos números embaralhados existe um grande número de indecisos, em torno de 40%.
O que deve levar o eleitor a uma definição de candidatos será o programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão, quando o candidato colocar a cara para pedir voto para o eleitor.
Quem tiver maior rejeição poderá ficar de fora...

As pesquisas eleitorais que estão  sendo realizadas em Sergipe para  o Senado, incluindo as realizadas pelo Instituto Padrão e França, divulgadas ontem, mostram que estão abertas as eleições para as duas vagas de senador.
O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) vem sempre liderando as pesquisas com uma certa folga, estando embolados atrás os pré-candidatos Jackson Barreto (MDB), André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB).
Pela pesquisa Padrão, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o nº 07429/2018, Valadares está na dianteira com 22,9% das intenções de voto. Empatados tecnicamente em segundo lugar Jackson com 16,6%, André com 15,7% e Heleno com 15,7%.
Pelo Instituto França, cuja pesquisa foi registrada no TRE com o nº 04873/2018, Valadares lidera para o Senado com 13,3% e empatados tecnicamente em segundo lugar Jackson Barreto (9,4%), Heleno Silva (9,4%) e André Moura (8,8%).
Diferente de Sergipe, em outros estados, a exemplo da Bahia, já está quase que definido os dois que podem ser eleitos senador. Isso porque o ex-governador e ex-ministro da Casa Civil, Jaques Wagner (PT), lidera a eleição para o Senado com 36% de intenção de voto, conforme pesquisa do Instituto Paraná.   
Em seguida está a atual deputada federal Alice Portugal (PC do B), com 26,8%. Bem abaixo, como 3º colocado, aparece Jutahy Jr. (PSDB) com 16%, seguido de Zé Ronaldo (DEM) com 14,5%. O ex-ministro Geddel Vieira (MDB) aparece em 4º. Tem 13,4% das intenções de voto.
Em Sergipe, a vantagem de Valadares para os demais pré-candidatos ao Senado já foi maior. É mais uma constatação de que a eleição está aberta e existe uma projeção de crescimento dos pré-candidatos, que são extremamente competitivos.
Valadares já foi governador de Sergipe e está em seu terceiro mandato como senador. Jackson saiu agora do governo, já foi prefeito de Aracaju, vereador, deputado estadual e deputado federal; André já foi prefeito de Pirambú, deputado estadual, está no mandato de deputado federal e é líder do governo Michel Temer no Congresso; e Heleno foi deputado federal e ex-prefeito de Canindé do São Francisco.
Tudo caminha para esse quadro político permanecer indefinido até as eleições, uma vez que além dos números embaralhados existe um grande número de indecisos, em torno de 40%.
O que deve levar o eleitor a uma definição de candidatos será o programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão, quando o candidato colocar a cara para pedir voto para o eleitor.
Quem tiver maior rejeição poderá ficar de fora...

 

Disputa pelo governo 1

A Pesquisa do Instituto Padrão, divulgada ontem, também mostrou que está embolada a eleição para o governo do Estado com Eduardo Amorim (PSC) e Valadares Filho (PSB) empatados tecnicamente, e Belivaldo Chagas (PSB) logo atrás. Eduardo está com 15,5%, VF com 14,1% e BC com 11,3%.

 

Disputa pelo governo 2

Já a pesquisa do Instituto França mostra Valadares Filho (18,2%) empatado tecnicamente com Belivaldo Chagas (15,1%) e em terceiro lugar Eduardo Amorim (10,8%). Eduardo aparece como o pré-candidato com maior rejeição (12,6%), Valadares Filho (4,9%) e Belivaldo (4,9%).

 

Racha 1

A coluna recebeu informações de que o pré-candidato a senador André Moura (PSC) está pedindo aos prefeitos aliados e lideranças políticas para não votar em seu companheiro de chapa Heleno Silva (PRB) para o Senado. A razão seria o receio do crescimento da pré-candidatura dele.

 

Racha 2

Segundo a fonte, Heleno já tem conhecimento disso e demonstrou muita chateação com o comportamento de André. Revela que já está estremecida a relação entre os dois pré-candidatos ao Senado na chapa encabeçada pelo senador Eduardo Amorim (PSDB).

 

Afinidade

Revelou ainda a fonte que Heleno mantém uma boa relação com Eduardo e não pensa em sair do agrupamento político pela correção do pré-candidato a governador para com ele. "Se for o caso, Heleno prefere não ser candidato a senador a deixar a coligação de Eduardo Amorim", assegurou a fonte, que é bem próxima do pré-candidato.

 

Disposição

Finalizou dizendo que o tratamento dispensado por André Moura a Heleno Silva estremeceu o PRB, que não está gostando dos vetos ao líder do partido. E que Heleno, livre do processo contra ele no caso das ambulâncias, vai com tudo para a campanha.

 

A favor do diálogo 1

A Rede se reunirá nos próximos dias para discutir as pré-candidaturas do partido nas eleições deste ano e uma aliança com o pré-candidato a governador Valadares Filho (PSB).   O pré-candidato a deputado federal, Coronel Rocha (Rede), é favorável a um diálogo, a um entendimento com o PSB.

 

A favor do diálogo 2

"É preciso dialogar, discutir os moldes da composição, a construção de um programa de governo juntos. Tudo isso precisa ser discutido com a direção da Rede", disse à coluna o Coronel Rocha, enfatizando que hoje mesmo deverá ter um encontro com Dr. Emerson, onde pedirá para ser marcada logo a reunião da direção do partido, chamada de Elo, para uma discussão e definição de posição política.

 

Não seria vice

A coluna tem informações de que dificilmente o pré-candidato a governador da Rede, Dr Emerson, venha a ser o vice de Valadares Filho em uma composição do partido com o PSB. Emerson seria pré-candidato a deputado estadual. Já uma liderança do PSB está confiante que Emerson aceite ser o vice.

 

PV na mira

Além da Rede, o PSB vem conversando com o PV para uma composição. As conversas estão bem avançadas nesse sentido.

 

É candidato

Já está praticamente definido que o senador Valadares (PSB) vai disputar a reeleição até porque está liderando as pesquisas de intenções de voto. Uma liderança do PSB garante que deve ser mantida a pré-candidatura de Henri Clay (PPL) ao Senado.

 

Coordenador

O secretário José Carlos Felizola (Inclusão Social) será o coordenador da campanha de Belivaldo Chagas ao governo. Ele, que é genro do governador, será exonerado do cargo na próxima semana para coordenar o processo eleitoral. Será nomeado novo secretário para a pasta.

 

Mostrando força

Foi concorrido ontem o evento "Cidades Fortes, Sergipe Forte", onde o deputado federal e líder do governo Temer no Congresso, André Moura (PSC), anunciou novos convênios e a liberação de recursos para diversos municípios sergipanos na presença de prefeitos, vice-prefeitos e deputados estaduais. André ressaltou que Sergipe já recebeu mais de R$ 1,4 bilhão, que vem fazendo a diferença de norte a sul do estado.

 

Grato ao líder

Durante discurso, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) afirmou que tinha um "dever de gratidão" com André Moura por ter conseguido a liberação de recursos para execução de obras em Aracaju. "Dizem que o dinheiro não chegou. Mentira, tudo na conta. Falo pelo meu município", frisou.

 

Alfinetando o adversário

Quando discursou, o prefeito Valmir Monteiro (PSC-Lagarto) deu uma alfinetada em Edvaldo. Foi quando disse que gratidão não deve ser somente no discurso, que o prefeito tinha de ir para a rua pedir votos para André. Edvaldo já tinha saído.

 

O 2º voto

À coluna, Edvaldo declarou que votará em Belivaldo Chagas para governador e Jackson Barreto para senador e que depois anunciará o seu segundo pré-candidato a senador. Alguém tem dúvidas que o segundo voto será de André?

 

Cargo

Ontem, no final da tarde, Edvaldo transmitiu o cargo para o presidente da Câmara Municipal de Aracaju, vereador Nitinho Vitale (PSD), em razão da sua viagem hoje aos Estados Unidos para um curso de gestão na Universidade de Colúmbia, em Nova York. Nitinho ficará como prefeito interino até o próximo dia 16 de julho, respondendo pela presidência da Câmara o vereador Juvêncio Oliveira.

 

Veja essa ...

Ontem, durante evento "Cidades Fortes, Sergipe Forte" deputados estaduais que apoiam a pré-candidatura de André Moura para o Senado pediram votos para ele e não pediram para o pré-candidato a governador Eduardo Amorim (PSDB). Detalhe: Eduardo estava sentado ao lado de André. Quando da solenidade de filiação de deputados ao PSC, na Associação dos Engenheiros Agronômos de Sergipe (Aease), esse episódio se repetiu.

 

Curtas

De Belivaldo Chagas: "Atendo a todos no meu gabinete até altas horas. É o meu jeito de trabalhar. E se bate a fome, tome-lhe cuscuz de manhã e pipoca durante o dia. Se milho sustenta jegue não vai sustentar um governador?".

 

Em todos os atos do governo estão sempre juntos Belivaldo, o presidente da Assembleia, Luciano Bispo, e os pré-candidatos ao Senado: Jackson Barreto e Rogério Carvalho. Será a formação da chapa majoritária com Luciano de vice?

 

Ontem os quatro estavam presentes na solenidade de assinatura de ordem de serviço para pavimentação de ruas em 27 municípios do interior e entrega de ambulâncias, na Secretaria de Saúde.  

 

 O deputado federal Fábio Reis esteve em São Cristóvão na manhã de ontem, onde assinou, ao lado do prefeito Marcos Santana, ordem de serviço para a construção da Praça Arnaldo Ramos de Moura. Essa obra será realizada com recurso que o parlamentar destinou à cidade, no valor de R$ 536 mil.

 

"Fábio Reis é imprescindível nas obras de reconstrução da cidade e, sem ele, não seria possível fazer aquilo que já fizemos", ressaltou o prefeito durante a solenidade.