Preso acusado de agredir e chantagear a ex-companheira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/07/2018 às 04:50:00

 

Policiais civis que atuam na Delegacia de Polícia de Ribeirópolis prenderam ontem Lucas Santana Tavares, 22 anos, natural da cidade de Itabaiana, acusado de extorsão e injúria, com aplicação da Lei Maria da Penha. 
Segundo informações do delegado Eurico Nascimento, Lucas é usuário de drogas e teve um relacionamento de um ano e sete meses com uma adolescente de 17 anos. "A jovem relatou que costumava ser agredida e trancada em casa justamente para que não acionasse a Polícia. Ao decidir voltar para a casa da família, a garota passou a ser ameaçada pelo ex-companheiro, que criou um perfil falso nas redes sociais e ameaçou postar fotos íntimas da vítima. Minutos depois, ele exigiu a quantia de R$ 2 mil para que as imagens não fossem divulgadas e solicitou que a jovem não acionasse a Polícia", destacou o delegado.
Lucas foi preso após diversos dias de diligência e teve equipamentos apreendidos, como computador, celular, máquina fotográfica e cartões de memória. O material apreendido foi encaminhado ao Instituto de Criminalística, para fins de perícia e o acusado foi encaminhado à Delegacia de Itabaiana, onde permanece à disposição do Judiciário.

Policiais civis que atuam na Delegacia de Polícia de Ribeirópolis prenderam ontem Lucas Santana Tavares, 22 anos, natural da cidade de Itabaiana, acusado de extorsão e injúria, com aplicação da Lei Maria da Penha. 
Segundo informações do delegado Eurico Nascimento, Lucas é usuário de drogas e teve um relacionamento de um ano e sete meses com uma adolescente de 17 anos. "A jovem relatou que costumava ser agredida e trancada em casa justamente para que não acionasse a Polícia. Ao decidir voltar para a casa da família, a garota passou a ser ameaçada pelo ex-companheiro, que criou um perfil falso nas redes sociais e ameaçou postar fotos íntimas da vítima. Minutos depois, ele exigiu a quantia de R$ 2 mil para que as imagens não fossem divulgadas e solicitou que a jovem não acionasse a Polícia", destacou o delegado.
Lucas foi preso após diversos dias de diligência e teve equipamentos apreendidos, como computador, celular, máquina fotográfica e cartões de memória. O material apreendido foi encaminhado ao Instituto de Criminalística, para fins de perícia e o acusado foi encaminhado à Delegacia de Itabaiana, onde permanece à disposição do Judiciário.