Confiança quase pronto para pegar o Remo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Confiança treinou nesta sexta-feira na Arena Batistão e o time está quase pronto para encarar o Remo-PA
O Confiança treinou nesta sexta-feira na Arena Batistão e o time está quase pronto para encarar o Remo-PA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/07/2018 às 07:02:00

 

O time do Confiança 
está quase pronto 
para encarar o Remo na noite deste domingo na Arena Batistão. Será um jogo muito importante para o time proletário que não pode sequer pensar em empatar. É vencer ou vencer, para continuar no G4 e na briga pela classificação.
Para essa partida o treinador Luizinho Lopes não poderá contar com o zagueiro Vinicius Simon e o lateral Ângelo, ambos em tratamento médico. Diogo que está retornando a equipe deve ser improvisado na lateral direita. E na zaga Luizinho permanece com a dupla Renato Camilo e Rodolfo. 
- Nós temos o Flávio à disposição. O Diogo está retornando, em uma transição boa, espero que ele tenha condições de jogar. Com certeza, a gente conseguirá dar uma direção e buscar uma definição de quem vai entrar em campo -  comentou Luizinho Lopes.
Depois do treino desta sexta-feira a provável equipe do Confiança pode ser essa: Genivaldo; Diogo, Renato Camilo, Rodolfo Filemon e Radar; Flávio, Rafael, Raí e Everton; Iago, Léo Ceará. Tito ficaria como uma primeira opção no ataque.
Coo se sabe e o treinador tem passado para o grupo, somente a vitória interessa para o Confiança não perder o seu espaço no G4 do Grupo "A". O Dragão é o quarto colocado com 19 pontos, mas tem nos calcanhares as equipes do ABC-RN, Botafogo-PB e Globo-RN, todos com 18 pontos. Um tropeço do Dragão significa saída do G4. Por isso, Luizinho vem orientando o seu grupo e pedindo empenho.
Uma vitória azulina e um tropeço do Santa Cruz-PE, pode reconduzir o clube do bairro Industrial à condição de terceiro colocado e respirar um pouco mais folgado. "Esse momento não vem sendo muito bom. A gente tem que ver o quanto antes uma vitória para normalizar e se distanciar dos clubes que estão vindo atrás. Agora estão um ponto somente de diferença e a gente sabe de nossa responsabilidade e vamos encarar como se fosse uma final", declarou o zagueiro Rodolfo Filemon.

O time do Confiança  está quase pronto  para encarar o Remo na noite deste domingo na Arena Batistão. Será um jogo muito importante para o time proletário que não pode sequer pensar em empatar. É vencer ou vencer, para continuar no G4 e na briga pela classificação.
Para essa partida o treinador Luizinho Lopes não poderá contar com o zagueiro Vinicius Simon e o lateral Ângelo, ambos em tratamento médico. Diogo que está retornando a equipe deve ser improvisado na lateral direita. E na zaga Luizinho permanece com a dupla Renato Camilo e Rodolfo. 
- Nós temos o Flávio à disposição. O Diogo está retornando, em uma transição boa, espero que ele tenha condições de jogar. Com certeza, a gente conseguirá dar uma direção e buscar uma definição de quem vai entrar em campo -  comentou Luizinho Lopes.
Depois do treino desta sexta-feira a provável equipe do Confiança pode ser essa: Genivaldo; Diogo, Renato Camilo, Rodolfo Filemon e Radar; Flávio, Rafael, Raí e Everton; Iago, Léo Ceará. Tito ficaria como uma primeira opção no ataque.
Coo se sabe e o treinador tem passado para o grupo, somente a vitória interessa para o Confiança não perder o seu espaço no G4 do Grupo "A". O Dragão é o quarto colocado com 19 pontos, mas tem nos calcanhares as equipes do ABC-RN, Botafogo-PB e Globo-RN, todos com 18 pontos. Um tropeço do Dragão significa saída do G4. Por isso, Luizinho vem orientando o seu grupo e pedindo empenho.
Uma vitória azulina e um tropeço do Santa Cruz-PE, pode reconduzir o clube do bairro Industrial à condição de terceiro colocado e respirar um pouco mais folgado. "Esse momento não vem sendo muito bom. A gente tem que ver o quanto antes uma vitória para normalizar e se distanciar dos clubes que estão vindo atrás. Agora estão um ponto somente de diferença e a gente sabe de nossa responsabilidade e vamos encarar como se fosse uma final", declarou o zagueiro Rodolfo Filemon.