Confiança não confirma escalação para pegar Remo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O goleiro Genivaldo dá segurança a equipe proletária
O goleiro Genivaldo dá segurança a equipe proletária

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/07/2018 às 03:33:00

Givaldo Batista

Depois de ser golea-do por 4 a 0 para o ABC e ver a torcida invadir o CT, o Confiança ainda busca definir a escalação para enfrentar o Remo. As duas equipes se enfrentam neste domingo, às 19h, no estádio Batistão, em Aracaju, pela 15ª rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O técnico do Dragão, Luizinho Lopes, analisou a situação do elenco.
"Estamos trabalhando durante a semana, ainda estou com algumas dúvidas e espero tirar até a última atividade antes do jogo. Vou ver o que os treinamentos vão me apresentar, pois teremos um jogo decisivo. Vamos ver quais jogadores estarão mais inteiros e pré-dispostos a encarar esse desafio. Nós, treinadores, não podemos achar que nunca vamos perder ninguém no elenco. Precisamos estar preparados para usar o grupo todo, com todas as modificações táticas necessárias por conta dessas perdas", disse o comandante à Rádio CBN Aracaju.
Na quinta-feira, o Centro de Reabilitação e Prevenção do Confiança atualizou como estão dois atletas. Segundo o fisioterapeuta Emmanoel Sampaio, o zagueiro Vinícius Simon ainda trata uma lesão na panturrilha e é dúvida.
Por outro lado, o lateral-direito Ângelo, com uma lesão no joelho, deverá perder o restante da Série C. Além disso, o lateral Diogo e o meia Flávio devem estar de volta.

"Nós temos o Flávio à disposição. O Diogo está retornando, em uma transição boa, espero que ele tenha condições de jogar. Vamos lá, dia após dia, e espero que até sexta ou sábado a gente conseguirá dar uma direção e buscar uma definição de quem vai entrar em campo. Só não temos certeza ainda do Simon. Ele talvez não esteja apto para este jogo, vamos aguardar. O Ângelo a gente perdeu definitivamente. É uma pena porque é um atleta profissional muito compromissado. A gente lamenta muito por ele. No mais, estão todos à disposição", completou o treinador.
Dessa forma, Dragão deverá ter: Genivaldo; Diogo, Renato Camilo, Rodolfo Filemon e Radar; Flávio, Rafael, Raí e Everton; Iago e Léo Ceará.