SSP contabiliza 24 horas sem registros de homicídios por crimes violentos em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/07/2018 às 05:21:00

 

Os números de homicídios vêm apresentando reduções no estado. Um dos exemplos que contextualizam essa queda no número de crimes letais intencionais - latrocínios, homicídios dolosos e lesão corporal seguida de morte - é que entre os meses de junho e esta terça-feira, 24, foram sete dias sem nenhum registro desses tipos de ocorrências. Além disso, até o momento, no mês de julho foram contabilizados 28,6% menos casos do que no mesmo período do ano passado.
De acordo com os dados repassados pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), neste ano, os cinco dias em que não houve nenhuma ocorrência de homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte foram 7, 18, 19 e 28 de junho, além de 1, 3 e 23 de julho.
Ainda segundo as informações repassados pela CEACrim, no mês de junho de 2017 foram contabilizados 87 homicídios envolvendo ações violentas, enquanto que em 2018 esse número foi de 76 ocorrências. Os dados representam uma redução de 12,7% na quantidade de registros desse crime.
A redução é ainda maior quando comparado os meses de julho do ano passado e deste ano. Em 2017 registraram-se 70 ocorrências e até a segunda-feira, 23, foram 50 casos contabilizados. No comparativo, os números demonstram uma queda de 28,6% na quantidade de homicídios registrados nesse período.
Os resultados positivos são fruto das ações e operações integradas entre as instituições que compõem a Secretaria da Segurança Pública (SSP). O trabalho conjunto envolvendo as polícias Militar e Civil tanto no policiamento ostensivo e preventivo, quanto nas investigações e identificação dos suspeitos vem contribuindo para as reduções nas ocorrências desse crime.

Os números de homicídios vêm apresentando reduções no estado. Um dos exemplos que contextualizam essa queda no número de crimes letais intencionais - latrocínios, homicídios dolosos e lesão corporal seguida de morte - é que entre os meses de junho e esta terça-feira, 24, foram sete dias sem nenhum registro desses tipos de ocorrências. Além disso, até o momento, no mês de julho foram contabilizados 28,6% menos casos do que no mesmo período do ano passado.
De acordo com os dados repassados pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), neste ano, os cinco dias em que não houve nenhuma ocorrência de homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte foram 7, 18, 19 e 28 de junho, além de 1, 3 e 23 de julho.
Ainda segundo as informações repassados pela CEACrim, no mês de junho de 2017 foram contabilizados 87 homicídios envolvendo ações violentas, enquanto que em 2018 esse número foi de 76 ocorrências. Os dados representam uma redução de 12,7% na quantidade de registros desse crime.
A redução é ainda maior quando comparado os meses de julho do ano passado e deste ano. Em 2017 registraram-se 70 ocorrências e até a segunda-feira, 23, foram 50 casos contabilizados. No comparativo, os números demonstram uma queda de 28,6% na quantidade de homicídios registrados nesse período.
Os resultados positivos são fruto das ações e operações integradas entre as instituições que compõem a Secretaria da Segurança Pública (SSP). O trabalho conjunto envolvendo as polícias Militar e Civil tanto no policiamento ostensivo e preventivo, quanto nas investigações e identificação dos suspeitos vem contribuindo para as reduções nas ocorrências desse crime.