PMA entrega de certificados a 110 alunos de cursos profissionalizantes da PMA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Representante das turmas, Yasmin Bezerra agradeceu a oportunidade
Representante das turmas, Yasmin Bezerra agradeceu a oportunidade

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/07/2018 às 08:31:00

 

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou ontem os certificados de conclusão dos cursos profissionalizantes que a gestão municipal ofertou nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). Ao todo, 110 pessoas participaram dos cursos de assistente administrativo, porteiro e vigilante, agente de limpeza e conservação, básico de escova e preparo de doces e salgados.
A iniciativa foi realizada a partir de uma parceria entre a Secretaria da Assistência Social, a Fundação de Formação para o Trabalho (Fundat) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). As áreas de formação foram definidas a partir das demandas apresentadas pelas próprias comunidades.
 "O dia começou muito especial, pois me enche de muita alegria fazer a entrega dos certificados de conclusão de cursos profissionalizantes que a nossa gestão ofereceu nos CRAS. Sei o quanto é importante para as pessoas, neste momento de desemprego tão alarmante no país, a realização destes cursos profissionalizantes. A Prefeitura dá assim as condições para que estes profissionais estejam mais preparados para enfrentar o mercado de trabalho", afirmou o prefeito.
Em seu discurso, Edvaldo ressaltou que "um novo caminho se abre" para os concludentes com esta profissionalização. Prova disso, reforçou, foi o depoimento da jovem Yasmin Bezerra, que participou do curso de porteiro e vigia.
"Fiquei muito emocionado com o depoimento da jovem Yasmin. Ela e sua turma foram além: criaram um projeto de empresa de consultoria para condomínios, após perceberem durante o curso que há uma necessidade de atualização de porteiros e vigilantes de condomínios. Foi uma excelente ideia, que mostra o potencial de cada um dos 110 participantes destas capacitações", destacou.
No evento, o prefeito anunciou ainda que os formados no curso de Porteiro e Vigilante já serão encaminhados à Fundat para participar de uma primeira seleção, para trabalhar num condomínio localizado em Aracaju, que está ofertando seis vagas de emprego.
Representando as turmas dos cursos, Yasmin Bezerra fez um discurso de agradecimento. "Aprendemos muito a importância dos profissionais, seus direitos e deveres. Tivemos aulas práticas, teóricas e visitas técnicas. O curso nos deu uma nova visão e condições para entrarmos no mercado de trabalho", afirmou.

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou ontem os certificados de conclusão dos cursos profissionalizantes que a gestão municipal ofertou nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). Ao todo, 110 pessoas participaram dos cursos de assistente administrativo, porteiro e vigilante, agente de limpeza e conservação, básico de escova e preparo de doces e salgados.
A iniciativa foi realizada a partir de uma parceria entre a Secretaria da Assistência Social, a Fundação de Formação para o Trabalho (Fundat) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). As áreas de formação foram definidas a partir das demandas apresentadas pelas próprias comunidades.
 "O dia começou muito especial, pois me enche de muita alegria fazer a entrega dos certificados de conclusão de cursos profissionalizantes que a nossa gestão ofereceu nos CRAS. Sei o quanto é importante para as pessoas, neste momento de desemprego tão alarmante no país, a realização destes cursos profissionalizantes. A Prefeitura dá assim as condições para que estes profissionais estejam mais preparados para enfrentar o mercado de trabalho", afirmou o prefeito.
Em seu discurso, Edvaldo ressaltou que "um novo caminho se abre" para os concludentes com esta profissionalização. Prova disso, reforçou, foi o depoimento da jovem Yasmin Bezerra, que participou do curso de porteiro e vigia.
"Fiquei muito emocionado com o depoimento da jovem Yasmin. Ela e sua turma foram além: criaram um projeto de empresa de consultoria para condomínios, após perceberem durante o curso que há uma necessidade de atualização de porteiros e vigilantes de condomínios. Foi uma excelente ideia, que mostra o potencial de cada um dos 110 participantes destas capacitações", destacou.
No evento, o prefeito anunciou ainda que os formados no curso de Porteiro e Vigilante já serão encaminhados à Fundat para participar de uma primeira seleção, para trabalhar num condomínio localizado em Aracaju, que está ofertando seis vagas de emprego.
Representando as turmas dos cursos, Yasmin Bezerra fez um discurso de agradecimento. "Aprendemos muito a importância dos profissionais, seus direitos e deveres. Tivemos aulas práticas, teóricas e visitas técnicas. O curso nos deu uma nova visão e condições para entrarmos no mercado de trabalho", afirmou.