Denarc apreende 37 quilos de maconha em igreja no Veneza

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
NA CASA ONDE A DROGA FOI ENCONTRADA FUNCIONAVA A SEDE DA CONGREGAÇÃO DA IGREJA CHAMAS DO LIVRAMENTO, EM ARACAJU
NA CASA ONDE A DROGA FOI ENCONTRADA FUNCIONAVA A SEDE DA CONGREGAÇÃO DA IGREJA CHAMAS DO LIVRAMENTO, EM ARACAJU

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/07/2018 às 08:36:00

 

Gabriel Damásio
Agentes do Departa
mento de Narcóti
cos (Denarc) da Polícia Civil apreenderam ontem 37 quilos de maconha que estavam escondidos em uma casa no bairro Veneza (zona oeste de Aracaju). A droga estava disposta em tabletes e escondida em locais da cozinha e do quintal do imóvel. Um detalhe chamou a atenção: segundo a polícia, a residência funciona como sede da Congregação da Igreja Chamas do Livramento, uma igreja evangélica sediada em Governador Valadares (MG). O pastor responsável pela igreja negou que ela funcione como sede, mas sim como casa de oração que reúne fiéis ligados à instituição.
Ainda segundo a polícia, a droga pertence ao ex-presidiário Waldison dos Santos Júnior, 38 anos, que morava na residência e já foi condenado duas vezes pelo crime de roubo à mão armada. Ele foi preso em flagrante e autuado pela posse da droga, cuja origem ainda será investigada. A família afirma que ficou surpresa com a posse da droga, já que Waldison tinha se convertido recentemente à igreja. Duas crianças também foram encontradas no local onde estava a droga, sendo uma de seis e outra com 12 anos, que eram parentes do acusado. Segundo o delegado Osvaldo Rezende, as crianças ficavam expostas à presença da droga. 
Os agentes do Denarc chegaram ao local a partir de investigações e informações passadas para o Disque Denúncia (181). Um inquérito foi aberto para apurar a origem da maconha e qual a destinação que seria dada a ela.

Agentes do Departa mento de Narcóti cos (Denarc) da Polícia Civil apreenderam ontem 37 quilos de maconha que estavam escondidos em uma casa no bairro Veneza (zona oeste de Aracaju). A droga estava disposta em tabletes e escondida em locais da cozinha e do quintal do imóvel. Um detalhe chamou a atenção: segundo a polícia, a residência funciona como sede da Congregação da Igreja Chamas do Livramento, uma igreja evangélica sediada em Governador Valadares (MG). O pastor responsável pela igreja negou que ela funcione como sede, mas sim como casa de oração que reúne fiéis ligados à instituição.

Ainda segundo a polícia, a droga pertence ao ex-presidiário Waldison dos Santos Júnior, 38 anos, que morava na residência e já foi condenado duas vezes pelo crime de roubo à mão armada. Ele foi preso em flagrante e autuado pela posse da droga, cuja origem ainda será investigada. A família afirma que ficou surpresa com a posse da droga, já que Waldison tinha se convertido recentemente à igreja. Duas crianças também foram encontradas no local onde estava a droga, sendo uma de seis e outra com 12 anos, que eram parentes do acusado. Segundo o delegado Osvaldo Rezende, as crianças ficavam expostas à presença da droga. 
Os agentes do Denarc chegaram ao local a partir de investigações e informações passadas para o Disque Denúncia (181). Um inquérito foi aberto para apurar a origem da maconha e qual a destinação que seria dada a ela.