Paraibano é preso ao tentar fazer carteira de identidade em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/07/2018 às 05:05:00

 

Policiais civis prenderam ontem o paraibano Edivalmi Pereira Martins, 45 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. Ele foi detido na sede do Instituto de Identificação, no Getúlio Vargas (zona oeste). Segundo a polícia, Edivalmi mudou-se da Paraíba para Sergipe no de 2012, onde conseguiu viver de forma tranquila como feirante. Porém, em abril deste ano, o acusado foi assaltado e teve os documentos roubados, necessitando retirá-los novamente, desta vez em Aracaju.
Ao tentar confeccionar uma carteira de identidade na sede do instituto de identificação de Sergipe, constatou-se que havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável ocorrido no mês de setembro de 2014 na cidade de Patos (PB). Diante dos fatos, o homem já foi apreendido e encaminhado para um dos estabelecimentos prisionais do estado.

Policiais civis prenderam ontem o paraibano Edivalmi Pereira Martins, 45 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. Ele foi detido na sede do Instituto de Identificação, no Getúlio Vargas (zona oeste). Segundo a polícia, Edivalmi mudou-se da Paraíba para Sergipe no de 2012, onde conseguiu viver de forma tranquila como feirante. Porém, em abril deste ano, o acusado foi assaltado e teve os documentos roubados, necessitando retirá-los novamente, desta vez em Aracaju.
Ao tentar confeccionar uma carteira de identidade na sede do instituto de identificação de Sergipe, constatou-se que havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável ocorrido no mês de setembro de 2014 na cidade de Patos (PB). Diante dos fatos, o homem já foi apreendido e encaminhado para um dos estabelecimentos prisionais do estado.