Sem Ângelo e Apodi, Diogo volta à lateral

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O lateral direito Apodi sofreu uma lesão no ombro contra o Santa Cruz e está fora da partida contra o Atlético Acreano
O lateral direito Apodi sofreu uma lesão no ombro contra o Santa Cruz e está fora da partida contra o Atlético Acreano

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/08/2018 às 07:48:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O Confiança terá uma 
semana intensa de 
preparativos. Assim como também uma semana tensa e cheia de expectativa. Com bases nesses aspectos, o treinador Betinho admitiu que quanto menos puder expor os jogadores à mídia e até mesmo no contato com o torcedor será melhor para o clube e especialmente para o atleta que vive momentos de incerteza.
Assim, os treinos do Confiança dessa semana serão vedados ao público, bem como foram restritas as entrevistas. Essas medidas visam dar mais tranquilidade aso elenco para trabalhar cm foco no Atlético Acreano. Para essa partida Betinho não se definiu ainda se fará modificações. Mas como não terá os laterais Ângelo, que já estava lesionado e Apodi que sofreu uma lesão no ombro na partida contra o Santa Cruz, Betinho deve manter Diogo na lateral direito. Ali´[as uma posição bem conhecida do Diogo, pois já atuou por ali diversas vezes.  
Depois do fiasco nas últimas dez partidas, sem vencer na competição nacional e acumulando derrotas nas quatro partidas mais recentes, diante do ABC-RN (4x0), Náutico-PE (2x3), Remo (0x2) e por último o Santa Cruz-PE (4x0), a diretoria e comissão técnica proletária, decidiram evitar qualquer tipo de contato entre jogadores, imprensa e torcida.
Outra medida foi manter os portões fechados no período de treinamento, facilitando assim um melhor aprimoramento, evitando vazamento de informação quanto à formação trabalhada pelo treinado Betinho, que deve mexer no time, que vai enfrentar o líder do Grupo A da competição nacional.
 - A situação dos jogadores não darem entrevista é mais para tirar um pouco do peso. Esse momento, quanto menos se falar e se trabalhar mais visando o próximo adversário, é melhor. Comigo não tem problema e podem me ligar que não terá problema algum - explicou o treinador Betinho.

O Confiança terá uma  semana intensa de  preparativos. Assim como também uma semana tensa e cheia de expectativa. Com bases nesses aspectos, o treinador Betinho admitiu que quanto menos puder expor os jogadores à mídia e até mesmo no contato com o torcedor será melhor para o clube e especialmente para o atleta que vive momentos de incerteza.
Assim, os treinos do Confiança dessa semana serão vedados ao público, bem como foram restritas as entrevistas. Essas medidas visam dar mais tranquilidade aso elenco para trabalhar cm foco no Atlético Acreano. Para essa partida Betinho não se definiu ainda se fará modificações. Mas como não terá os laterais Ângelo, que já estava lesionado e Apodi que sofreu uma lesão no ombro na partida contra o Santa Cruz, Betinho deve manter Diogo na lateral direito. Ali´[as uma posição bem conhecida do Diogo, pois já atuou por ali diversas vezes.  
Depois do fiasco nas últimas dez partidas, sem vencer na competição nacional e acumulando derrotas nas quatro partidas mais recentes, diante do ABC-RN (4x0), Náutico-PE (2x3), Remo (0x2) e por último o Santa Cruz-PE (4x0), a diretoria e comissão técnica proletária, decidiram evitar qualquer tipo de contato entre jogadores, imprensa e torcida.
Outra medida foi manter os portões fechados no período de treinamento, facilitando assim um melhor aprimoramento, evitando vazamento de informação quanto à formação trabalhada pelo treinado Betinho, que deve mexer no time, que vai enfrentar o líder do Grupo A da competição nacional.
 - A situação dos jogadores não darem entrevista é mais para tirar um pouco do peso. Esse momento, quanto menos se falar e se trabalhar mais visando o próximo adversário, é melhor. Comigo não tem problema e podem me ligar que não terá problema algum - explicou o treinador Betinho.