Motorista embriagado causa acidente em São Cristóvão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Carro dirigido por motorista bêbado bateu de frente com outro que vinha no sentido contrário
Carro dirigido por motorista bêbado bateu de frente com outro que vinha no sentido contrário

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/08/2018 às 08:01:00

 

Alcoolizado, sem permissão para dirigir, e sob o controle de um veículo com o licenciamento atrasado. Esse é o perfil do motorista infrator responsável por colidir de frente com outro automóvel na manhã de ontem na Rodovia Estadual João Bebe Água, em São Cristóvão. O fato ocorreu por volta das 6h40 em uma das curvas estreitas da rodovia apontada por muitos como via expressa de ampla vulnerabilidade. Todo o sinistro foi registrado pela Polícia Militar através do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv). O motorista foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade.
Conforme destacado pelo major Fábio Machado, é necessário aguardar o resultado da perícia para garantir que o condutor detido, de fato, foi o principal responsável pela colisão. A suspeita permanece mesmo após o teste do bafômetro ter indicado que o teor alcoólico do suspeito alcançou a casa dos 0,38 mg. "Os indícios nos levam a crer que o motorista sem habilitação e conduzindo o veículo após ter consumido bebida alcoólica foi realmente o causador do acidente que deixou o motorista do outro veículo ferido ao ponto de precisar ser encaminhado para o hospital. Apesar disso, é preciso aguardar o resultado do inquérito", declarou.
A Secretaria da Segurança Pública não revelou o nome dos motoristas envolvidos no acidente. Questionado sobre o estado físico da vítima encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe, Fábio Machado informou que uma equipe do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para realizar os primeiros socorros. O oficial esclareceu ainda que o paciente se queixava de fortes dores no ombro direito, possivelmente causado pelo impacto dos automóveis e refletido no sinto de segurança.
"Felizmente enquanto um apresentou uma série de desrespeito às leis previstas no Código de Trânsito Brasileiro, o outro estava agindo com regularidade. As Dores que foram apresentadas partiu do impacto que teve com o sinto travado. Se não estivesse utilizando (sinto de segurança) possivelmente o estado clínico seria mais preocupante", afirmou Fábio Machado. A perspectiva é que o resultado da perícia seja apresentado em até 30 dias úteis.
Ônibus - Uma colisão traseira entre dois ônibus do transporte coletivo aconteceu ontem, na avenida Beira Mar, bairro 13 de Julho (zona sul). O motorista que teria causado o acidente disse no local que não se sentiu bem e acabou batendo no fundo de outro ônibus que estava parado no ponto. O acidente aconteceu por volta das 6h e todos os passageiros precisaram seguir o caminho para o destino em outro ônibus. 
Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, segundo as informações dos passageiros envolvidos, o para-brisa do ônibus acabou quebrando e estilhaços atingiram passageiros. O motorista e o cobrador de um dos ônibus também ficaram feridos. Todos foram atendidos pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu).

Alcoolizado, sem permissão para dirigir, e sob o controle de um veículo com o licenciamento atrasado. Esse é o perfil do motorista infrator responsável por colidir de frente com outro automóvel na manhã de ontem na Rodovia Estadual João Bebe Água, em São Cristóvão. O fato ocorreu por volta das 6h40 em uma das curvas estreitas da rodovia apontada por muitos como via expressa de ampla vulnerabilidade. Todo o sinistro foi registrado pela Polícia Militar através do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv). O motorista foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade.
Conforme destacado pelo major Fábio Machado, é necessário aguardar o resultado da perícia para garantir que o condutor detido, de fato, foi o principal responsável pela colisão. A suspeita permanece mesmo após o teste do bafômetro ter indicado que o teor alcoólico do suspeito alcançou a casa dos 0,38 mg. "Os indícios nos levam a crer que o motorista sem habilitação e conduzindo o veículo após ter consumido bebida alcoólica foi realmente o causador do acidente que deixou o motorista do outro veículo ferido ao ponto de precisar ser encaminhado para o hospital. Apesar disso, é preciso aguardar o resultado do inquérito", declarou.
A Secretaria da Segurança Pública não revelou o nome dos motoristas envolvidos no acidente. Questionado sobre o estado físico da vítima encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe, Fábio Machado informou que uma equipe do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para realizar os primeiros socorros. O oficial esclareceu ainda que o paciente se queixava de fortes dores no ombro direito, possivelmente causado pelo impacto dos automóveis e refletido no sinto de segurança.
"Felizmente enquanto um apresentou uma série de desrespeito às leis previstas no Código de Trânsito Brasileiro, o outro estava agindo com regularidade. As Dores que foram apresentadas partiu do impacto que teve com o sinto travado. Se não estivesse utilizando (sinto de segurança) possivelmente o estado clínico seria mais preocupante", afirmou Fábio Machado. A perspectiva é que o resultado da perícia seja apresentado em até 30 dias úteis.

Ônibus - Uma colisão traseira entre dois ônibus do transporte coletivo aconteceu ontem, na avenida Beira Mar, bairro 13 de Julho (zona sul). O motorista que teria causado o acidente disse no local que não se sentiu bem e acabou batendo no fundo de outro ônibus que estava parado no ponto. O acidente aconteceu por volta das 6h e todos os passageiros precisaram seguir o caminho para o destino em outro ônibus. 
Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, segundo as informações dos passageiros envolvidos, o para-brisa do ônibus acabou quebrando e estilhaços atingiram passageiros. O motorista e o cobrador de um dos ônibus também ficaram feridos. Todos foram atendidos pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu).