João Daniel participa de plenária com movimentos sociais

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O DEPUTADO JOÃO DANIEL FALANDO EM PLENÁRIA ORGANIZADA PELO DIRETÓRIO DO PT EM SÃO CRISTÓVÃO
O DEPUTADO JOÃO DANIEL FALANDO EM PLENÁRIA ORGANIZADA PELO DIRETÓRIO DO PT EM SÃO CRISTÓVÃO

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/08/2018 às 05:10:00

Na tarde do sábado, dia 04, o deputado federal João Lula Daniel (PT/SE) participou de plenária popular organizada pelo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Cristóvão. Com participação de movimentos sociais, sindicais e estudantis, o ato debateu a respeito do atual cenário político nacional e estadual, além de ter dialogado sobre a importância da atuação da militância sergipana na defesa do ex-presidente Lula e pelo pleno exercício da democracia popular brasileira.

Na oportunidade, o deputado parabenizou e agradeceu a todos os membros do diretório municipal do PT de São Cristóvão, em nome do presidente Rafael Pereira, bem como a todas as lideranças políticas, aos representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST ), e dos movimentos sociais, sindicais e estudantis, que estiveram envolvidos na organização da plenária. Em sua participação no debate, João Daniel frisou que após a prisão de Lula, o mundo inteiro está discutindo o momento político que está sendo vivenciado no Brasil. Para ele, o momento que já está difícil pode piorar, caso o cenário não mude.

"A gente tem um caminho para seguir, e esse caminho não tem estrada boa e nem ruim, tem um grande objetivo que é chegar em uma sociedade bonita, justa, igualitária e fraterna. E nesse projeto, todo dia, alguém trabalhapara derrubar, mas existem aqueles que trabalham para construir. Estamos vivendo um momento muito difícil, a crise chegou nos municípios e vai chegar com muito mais intensidade se nós não conseguirmos virar esse jogo", disse o deputado, referindo-se às consequências do golpe realizado contra a presidente Dilma Rousseff.

João Daniel ainda destacou a realização de uma greve de fome que acontece em Brasília, um protesto nacional contra a perseguição sofrida pelo presidente Lula. "Tem uma greve de fome ocorrendo lá em Brasília, entre os participantes temos representantes do movimento que, por tempo indeterminado, estão colocando a vida deles em jogo. Eles não vão sair sem o julgamento e a decisão sobre o presidente Lula", destacou o deputado.

Na plenária, além de João Daniel e Rafael Pereira, participaram o prefeito do município Marcos Santana; o deputado estadual Francisco Gualberto; a secretária estadual de Agricultura Rose Rodrigues; o vereador Djalma Santana; o 1° suplente da Câmara Municipal de São Cristóvão Alisson Tijuquinha e o presidente estadual do PSD, o companheiro Betão. Movimentos sociais, sindicais e estudantis como o MST; o MOTU; a Associação Madre Paulina; Sacema e a  USES também foram representados.