Greve de médicos pode afetar campanha de vacinação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA SARAMPO E PARALISIA INFANTIL FOI RETOMADA ONTEM, E SOMENTE EM ARACAJU META É ATINGIR 31 MIL CRIANÇAS-
A CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA SARAMPO E PARALISIA INFANTIL FOI RETOMADA ONTEM, E SOMENTE EM ARACAJU META É ATINGIR 31 MIL CRIANÇAS-

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/08/2018 às 05:37:00

A Prefeitura de Aracaju oficializou na manhã de ontem que a Campanha de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite, iniciará também nesta segunda-feira, 06, não sofrerá alterações consideráveis em virtude da greve dos médicos que completa hoje exatos 16 dias. O anúncio foi feito pela Secretaria Municipal de Saúde, responsável por coordenar a campanha na capital sergipana. A meta da pasta é imunizar pelo menos 95% de todas as crianças a partir de um ano até os cinco anos incompletos, ou seja, quatro anos, 11 meses e 29 dias.

Mesmo contando apenas com 30% dos profissionais da medicina aguando na 43 unidades básicas de saúde, a administração pública municipal garante ainda que durante todo o 'Dia D de Mobilização Nacional', a ser realizada no próximo dia 18 em todos os bairros de Aracaju, nenhum usuário do Sistema Único de Saúde será prejudicado pela ausência de médicos. A Prefeitura reconhece o esforço proporcionado para tentar minimizar os efeitos da greve, mas garante que a assistência segue garantida a todos os aracajuanos.

Evitando tocar no assunto da paralisação dos médicos, a coordenadora de imunização da SMS, Tânia Nunes, informou que a campanha deste ano é indiscriminada, pois pretende atingir todas as crianças dessa faixa etária no país, com o objetivo de manter coberturas de vacinação homogêneas. Por meio da assessoria de comunicação da SMS a especialista enalteceu a necessidade de os pais, ou responsáveis pela crianças, buscarem um posto de saúde e apresentar a carteira de vacinação. As doses estão disponíveis em todas as regiões da capital.

 “Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos, que já tiverem tomado uma ou mais doses, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha. Em relação ao Sarampo, todas as crianças receberão uma dose da Tríplice Viral, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido imunizadas nos últimos trinta dias”, disse.

 

Médicos - Conforme destacado pelo Jornal do Dia desde o início deste o mês passado, o anúncio de reajuste ‘zero’ realizado pela Prefeitura de Aracaju, e a permanência do sistema de Pejotização (PJ) como forma contratual, descartando, assim, a criação de novo concurso público, tem contribuído para aquecer ainda mais o conflito. Dando seguimento aos atos públicos o Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe prometem para hoje uma mobilização em frente à Câmara Municipal de Aracaju. Uma nova assembleia está prevista para a próxima quinta-feira, 09. (Milton Alves Júnior)