Comitiva da FIES visita o Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Comitiva da FIES foram recepcionados pelo presidente da Celse, Pedro Litsek
Comitiva da FIES foram recepcionados pelo presidente da Celse, Pedro Litsek

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/08/2018 às 07:48:00

 

Na manhã da última 
terça-feira, 07, a 
CELSE (Centrais Elétricas de Sergipe S.A.) recebeu uma comitiva da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) no Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, localizado na Barra dos Coqueiros. O presidente da FIES, Eduardo Prado de Oliveira, o empresário Albano Franco, o diretor regional do SENAI, Paulo Bergamini, o superintendente do SESI Sergipe, Acrizio Campos e o superintendente do IEL Sergipe, Rodrigo Rocha foram recepcionados pelo presidente da CELSE, Pedro Litsek e o diretor de Projetos da GE, Luciano Silva, que apresentaram aos executivos como funcionará o complexo.
Porto de Sergipe I é o maior investimento privado já realizado no estado. Com investimentos na ordem de mais de 6,5 bilhões, ao entrar em operação, será a maior termoelétrica a gás natural da América Latina. Além da usina termoelétrica, o empreendimento inclui também uma Linha de Transmissão e Instalações Offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação GNL e gasoduto. Sergipe I terá a capacidade para atender cerca de 15% da demanda de energia do Nordeste no Brasil.
Durante o encontro o presidente da FIES, Eduardo Prado de Oliveira fez questão de destacar a grandiosidade da obra. "No momento de recessão que o Brasil vive, uma obra desse porte é uma grande oportunidade para o estado de Sergipe como um todo, gerando assim empregos e contribuindo também para a geração de impostos. Em relação à Federação, já estamos em conversação com a CELSE para parcerias no que se fizer necessário para o cumprimento das nossas obrigações institucionais.''

Na manhã da última  terça-feira, 07, a  CELSE (Centrais Elétricas de Sergipe S.A.) recebeu uma comitiva da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) no Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, localizado na Barra dos Coqueiros. O presidente da FIES, Eduardo Prado de Oliveira, o empresário Albano Franco, o diretor regional do SENAI, Paulo Bergamini, o superintendente do SESI Sergipe, Acrizio Campos e o superintendente do IEL Sergipe, Rodrigo Rocha foram recepcionados pelo presidente da CELSE, Pedro Litsek e o diretor de Projetos da GE, Luciano Silva, que apresentaram aos executivos como funcionará o complexo.
Porto de Sergipe I é o maior investimento privado já realizado no estado. Com investimentos na ordem de mais de 6,5 bilhões, ao entrar em operação, será a maior termoelétrica a gás natural da América Latina. Além da usina termoelétrica, o empreendimento inclui também uma Linha de Transmissão e Instalações Offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação GNL e gasoduto. Sergipe I terá a capacidade para atender cerca de 15% da demanda de energia do Nordeste no Brasil.
Durante o encontro o presidente da FIES, Eduardo Prado de Oliveira fez questão de destacar a grandiosidade da obra. "No momento de recessão que o Brasil vive, uma obra desse porte é uma grande oportunidade para o estado de Sergipe como um todo, gerando assim empregos e contribuindo também para a geração de impostos. Em relação à Federação, já estamos em conversação com a CELSE para parcerias no que se fizer necessário para o cumprimento das nossas obrigações institucionais.''