IPCA de julho foi de -0,06% em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/08/2018 às 07:54:00

 

 O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em Aracaju teve variação negativa no mês de julho, caindo 0,06%. A queda vem após a forte alta no nível dos preços ao consumidor do mês de junho, que sofreu os impactos da greve dos caminhoneiros. Em Aracaju, os preços subiram 1,31% em junho. No Brasil, o IPCA de julho teve alta de 0,33
Em Aracaju, a variação negativa foi causada pela queda nos preços dos grupos Vestuário (-1,64%) e Alimentação e bebidas (-0,85%). No caso dos vestuários, houve queda nos preços do subgrupo Roupas (-2,06%) e Calçados e acessórios (-1,10%). No caso dos itens alimentícios, o item Tubérculos, raízes e legumes (-21,83%) teve a queda mais acentuada, seguido do item Hortaliças e verduras (-7,77%), Carnes (-3,57%) e Frutas (-2,85%).
Vários produtos que tiveram alta no mês de junho por conta da greve dos caminhoneiros apresentaram quedas acentuadas nos preços no mês de julho. Em Aracaju, o preço do tomate caiu 26,49%, o da cebola, 26,47%, o da batata-inglesa, 24,15%, o da cenoura, 20,73%, e o do maracujá, 14,98%.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em Aracaju teve variação negativa no mês de julho, caindo 0,06%. A queda vem após a forte alta no nível dos preços ao consumidor do mês de junho, que sofreu os impactos da greve dos caminhoneiros. Em Aracaju, os preços subiram 1,31% em junho. No Brasil, o IPCA de julho teve alta de 0,33
Em Aracaju, a variação negativa foi causada pela queda nos preços dos grupos Vestuário (-1,64%) e Alimentação e bebidas (-0,85%). No caso dos vestuários, houve queda nos preços do subgrupo Roupas (-2,06%) e Calçados e acessórios (-1,10%). No caso dos itens alimentícios, o item Tubérculos, raízes e legumes (-21,83%) teve a queda mais acentuada, seguido do item Hortaliças e verduras (-7,77%), Carnes (-3,57%) e Frutas (-2,85%).
Vários produtos que tiveram alta no mês de junho por conta da greve dos caminhoneiros apresentaram quedas acentuadas nos preços no mês de julho. Em Aracaju, o preço do tomate caiu 26,49%, o da cebola, 26,47%, o da batata-inglesa, 24,15%, o da cenoura, 20,73%, e o do maracujá, 14,98%.