Hospital Regional de Propriá abre nova sala para procedimentos cirúrgicos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/08/2018 às 08:23:00

 

A partir da próxima segunda-feira, 13, uma sala de pequenos procedimentos cirúrgicos entra em operação no Hospital Regional de Propriá, gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)  para atender as demandas da população ribeirinha do Estado. Estão agendados para os primeiros atendimentos no novo espaço 12 usuários, que serão submetidos às intervenções na segunda e quarta-feira, segundo informações da superintendente do hospital, Patrícia Freitas Nunes de Britto.
A criação do novo espaço, viabilizado com a chegada de um bisturi elétrico, encaminhado pelo SES,  atende a uma necessidade da comunidade, observada pela equipe de gestão do hospital que, por vezes e em casos mais complexos, disponibilizou o centro cirúrgico para os pequenos procedimentos, mesmo sabendo que isso resultaria no encarecimento da intervenção, haja vista o uso de enxovais e insumos. "Não podíamos deixar os usuários sem atendimento, então, buscávamos uma alternativa, ainda que de custo maior, e encontramos", disse Patrícia de Britto.
Os procedimentos são eletivos, ou seja, agendados antecipadamente e serão realizados em dois dias da semana para dar vazão à demanda reprimida de 32 pacientes. Na nova sala cirúrgica, serão realizadas intervenções como lesões traumáticas, ferimentos abertos em caso de lesões superficiais, retirada de sinais e lesões corporais por arma branca, tesoura e outros objetos perfurocortantes, conforme destacou a superintendente.
O secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, disse estar satisfeito com a iniciativa da gestão do hospital, que fez a leitura da necessidade da população ribeirinha e buscou atendê-la. "Seguimos trabalhando para proporcionar uma saúde de qualidade a todos os sergipanos", declarou o secretário, enfatizando a importância do serviço para aquela região.

A partir da próxima segunda-feira, 13, uma sala de pequenos procedimentos cirúrgicos entra em operação no Hospital Regional de Propriá, gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)  para atender as demandas da população ribeirinha do Estado. Estão agendados para os primeiros atendimentos no novo espaço 12 usuários, que serão submetidos às intervenções na segunda e quarta-feira, segundo informações da superintendente do hospital, Patrícia Freitas Nunes de Britto.
A criação do novo espaço, viabilizado com a chegada de um bisturi elétrico, encaminhado pelo SES,  atende a uma necessidade da comunidade, observada pela equipe de gestão do hospital que, por vezes e em casos mais complexos, disponibilizou o centro cirúrgico para os pequenos procedimentos, mesmo sabendo que isso resultaria no encarecimento da intervenção, haja vista o uso de enxovais e insumos. "Não podíamos deixar os usuários sem atendimento, então, buscávamos uma alternativa, ainda que de custo maior, e encontramos", disse Patrícia de Britto.
Os procedimentos são eletivos, ou seja, agendados antecipadamente e serão realizados em dois dias da semana para dar vazão à demanda reprimida de 32 pacientes. Na nova sala cirúrgica, serão realizadas intervenções como lesões traumáticas, ferimentos abertos em caso de lesões superficiais, retirada de sinais e lesões corporais por arma branca, tesoura e outros objetos perfurocortantes, conforme destacou a superintendente.
O secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, disse estar satisfeito com a iniciativa da gestão do hospital, que fez a leitura da necessidade da população ribeirinha e buscou atendê-la. "Seguimos trabalhando para proporcionar uma saúde de qualidade a todos os sergipanos", declarou o secretário, enfatizando a importância do serviço para aquela região.