Municípios têm até final deste mês para comunicar perda de safra

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/08/2018 às 08:24:00

 

Para agricultores familiares receberem o benefício do Fundo Garantia-Safra 2018 é necessário que as prefeituras dos municípios participantes do programa comuniquem que houve perda de, no mínimo, 50% da safra e solicitem formalmente vistoria à Coordenação Nacional do Programa, órgão da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, atualmente vinculada à Casa Civil do Governo Federal. O alerta é do representante do governo na coordenação estadual do Programa, Sérgio Santana. Ele acrescentou que as prefeituras têm até dia 29 de agosto para solicitação de vistoria.
Segundo Sérgio Santana, para a safra atual (2017/2018) 22 municípios aderiram ao Garantia-Safra e cadastraram 13.704 agricultores familiares para receber o benefício. "As prefeituras não terão dificuldade para solicitar as vistorias, pois a própria Emdagro já apresentou laudo oficial mostrando que mais de 50% da safra de milho e feijão está perdida, em alguns municípios o prejuízo chega a 90%".
Levantamento da situação da estiagem feito pela Emdagro aponta que "o quadro atual encontrado é extremamente grave pelo comprometimento da produção de milho e feijão, bem como pela deterioração dos reservatórios de água para consumo animal, além da degradação das pastagens e suporte forrageiro, refletindo na perda de peso dos animais, produção de carne e redução da produção de leite dos rebanhos bovinos".
Pelos dados da Defesa Civil 14 municípios decretaram situação de emergência e já estão recebendo abastecimento via operação carro-pipa. São eles: Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Nossa Senhora Aparecida, Carira, Poço Redondo, Gararu, Monte Alegre, Canindé do São Francisco, Frei Paulo, Ribeirópolis, Tobias Barreto, Nossa Senhora de Lourdes e São Miguel do Aleixo.

Para agricultores familiares receberem o benefício do Fundo Garantia-Safra 2018 é necessário que as prefeituras dos municípios participantes do programa comuniquem que houve perda de, no mínimo, 50% da safra e solicitem formalmente vistoria à Coordenação Nacional do Programa, órgão da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, atualmente vinculada à Casa Civil do Governo Federal. O alerta é do representante do governo na coordenação estadual do Programa, Sérgio Santana. Ele acrescentou que as prefeituras têm até dia 29 de agosto para solicitação de vistoria.
Segundo Sérgio Santana, para a safra atual (2017/2018) 22 municípios aderiram ao Garantia-Safra e cadastraram 13.704 agricultores familiares para receber o benefício. "As prefeituras não terão dificuldade para solicitar as vistorias, pois a própria Emdagro já apresentou laudo oficial mostrando que mais de 50% da safra de milho e feijão está perdida, em alguns municípios o prejuízo chega a 90%".
Levantamento da situação da estiagem feito pela Emdagro aponta que "o quadro atual encontrado é extremamente grave pelo comprometimento da produção de milho e feijão, bem como pela deterioração dos reservatórios de água para consumo animal, além da degradação das pastagens e suporte forrageiro, refletindo na perda de peso dos animais, produção de carne e redução da produção de leite dos rebanhos bovinos".
Pelos dados da Defesa Civil 14 municípios decretaram situação de emergência e já estão recebendo abastecimento via operação carro-pipa. São eles: Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Nossa Senhora Aparecida, Carira, Poço Redondo, Gararu, Monte Alegre, Canindé do São Francisco, Frei Paulo, Ribeirópolis, Tobias Barreto, Nossa Senhora de Lourdes e São Miguel do Aleixo.