Ágatha/Duda e Carol/Maria Elisa vão às quartas de final

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Ágatha e Duda se classificaram ao superarem dupla norte-americana
Ágatha e Duda se classificaram ao superarem dupla norte-americana

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/08/2018 às 07:33:00

 

O Brasil avançou nesta sexta-feira (10) com duas duplas do torneio feminino às quartas de final da etapa quatro estrelas de Moscou (Rússia). Ágatha/Duda (PR/SE) e Carol Solberg/Maria Elisa (RJ) venceram seus compromissos pelas oitavas de final e seguem na competição, que é válida pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018.
Pelas quartas de final, Ágatha e Duda encararam as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth no primeiro confronto entre os times, às 4h30 (de Brasília). No mesmo dia e horário, Carol Solberg e Maria Elisa enfrentaram as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli. Nos três confrontos anteriores, três vitórias das brasileiras.
Caso as duas duplas brasileiras vençam, se enfrentam nas semifinais, que ocorrem no mesmo dia. Já as disputas de bronze e da medalha de ouro serão realizadas no domingo (12).
Ágatha e Duda se classificaram ao superarem nas oitavas de final as norte-americanas Kelley Larsen e Emily Stockman por 2 sets a 1 (18/21, 21/18, 15/6), em 41 minutos. Carol Solberg/Maria Elisa superaram nas oitavas de final as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider por 2 sets a 1 (21/18, 21/23, 15/12), em 55 minutos. Ágatha comentou a classificação e já projetou o confronto das quartas de final.
"Enfrentamos essa equipe cinco vezes já nesta temporada. E apesar de termos vencido quatro delas, são sempre partidas complicadas. Acredito que só um dos jogos foi vencido por 2 sets a 0. É um time duro, novo, que tem um potencial muito grande de crescimento. Duda e eu 'ralamos' para vencer" disse a paranaense Ágatha.
Moscou é a oitava etapa do nível quatro estrelas de nove em disputa na temporada 2018. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. O campeonato na Rússia rende 800 pontos aos campeões, além de uma premiação de cerca de R$ 74 mil.

O Brasil avançou nesta sexta-feira (10) com duas duplas do torneio feminino às quartas de final da etapa quatro estrelas de Moscou (Rússia). Ágatha/Duda (PR/SE) e Carol Solberg/Maria Elisa (RJ) venceram seus compromissos pelas oitavas de final e seguem na competição, que é válida pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018.
Pelas quartas de final, Ágatha e Duda encararam as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth no primeiro confronto entre os times, às 4h30 (de Brasília). No mesmo dia e horário, Carol Solberg e Maria Elisa enfrentaram as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli. Nos três confrontos anteriores, três vitórias das brasileiras.
Caso as duas duplas brasileiras vençam, se enfrentam nas semifinais, que ocorrem no mesmo dia. Já as disputas de bronze e da medalha de ouro serão realizadas no domingo (12).
Ágatha e Duda se classificaram ao superarem nas oitavas de final as norte-americanas Kelley Larsen e Emily Stockman por 2 sets a 1 (18/21, 21/18, 15/6), em 41 minutos. Carol Solberg/Maria Elisa superaram nas oitavas de final as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider por 2 sets a 1 (21/18, 21/23, 15/12), em 55 minutos. Ágatha comentou a classificação e já projetou o confronto das quartas de final.
"Enfrentamos essa equipe cinco vezes já nesta temporada. E apesar de termos vencido quatro delas, são sempre partidas complicadas. Acredito que só um dos jogos foi vencido por 2 sets a 0. É um time duro, novo, que tem um potencial muito grande de crescimento. Duda e eu 'ralamos' para vencer" disse a paranaense Ágatha.
Moscou é a oitava etapa do nível quatro estrelas de nove em disputa na temporada 2018. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. O campeonato na Rússia rende 800 pontos aos campeões, além de uma premiação de cerca de R$ 74 mil.