Acusado de tentar roubar policial no Jabotiana é preso

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/08/2018 às 06:49:00

 

Policiais do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) prenderam ontem Cayo Fellype Pereira, 22 anos, no conjunto Santa Lúcia, bairro Jabotiana, pela tentativa de roubo cometida contra uma policial militar no ano passado.
Segundo informações do delegado André Baronto, a prisão preventiva de Cayo Fellype foi decretada na sentença da ação penal que apurou o crime praticado no mês de setembro do ano passado. "Cayo e um comparsa tentaram roubar uma policial militar em frente ao Museu da Gente Sergipana, na avenida Ivo do Prado, em Aracaju. No dia do ocorrido houve troca de tiros e um dos responsáveis foi atingido", destacou.
O crime aconteceu quando a policial militar se afastou de um grupo de amigos para atender o celular, momento em que foi abordada por dois homens que estavam armados em uma motocicleta. Ao perceberam que a vítima também estava armada, um dos homens puxou a arma da cintura dela. 
Na ocasião, um outro policial militar e amigo da vítima observava a ação do outro lado da avenida e deu voz de prisão a Cayo Fellype. "O infrator reagiu disparando contra o policial, que revidou em legítima defesa, atingindo-o na perna. Cayo Fellype foi preso na própria residência e está à disposição da 3ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju", finalizou o delegado André Baronto.

Policiais do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) prenderam ontem Cayo Fellype Pereira, 22 anos, no conjunto Santa Lúcia, bairro Jabotiana, pela tentativa de roubo cometida contra uma policial militar no ano passado.
Segundo informações do delegado André Baronto, a prisão preventiva de Cayo Fellype foi decretada na sentença da ação penal que apurou o crime praticado no mês de setembro do ano passado. "Cayo e um comparsa tentaram roubar uma policial militar em frente ao Museu da Gente Sergipana, na avenida Ivo do Prado, em Aracaju. No dia do ocorrido houve troca de tiros e um dos responsáveis foi atingido", destacou.
O crime aconteceu quando a policial militar se afastou de um grupo de amigos para atender o celular, momento em que foi abordada por dois homens que estavam armados em uma motocicleta. Ao perceberam que a vítima também estava armada, um dos homens puxou a arma da cintura dela. 
Na ocasião, um outro policial militar e amigo da vítima observava a ação do outro lado da avenida e deu voz de prisão a Cayo Fellype. "O infrator reagiu disparando contra o policial, que revidou em legítima defesa, atingindo-o na perna. Cayo Fellype foi preso na própria residência e está à disposição da 3ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju", finalizou o delegado André Baronto.