Municípios iniciam retirada de repelentes na SES

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/08/2018 às 08:00:00

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem seguido o calendário de entrega de repelentes para serem distribuídos com os 75 municípios sergipanos,  de acordo com uma programação elaborada pelo Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos (Cadim), com vistas à prevenção do zica vírus e doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. São 100 mil unidades e somente na terça-feira, 14, primeiro dia de encaminhamento, realizou a entrega para 13 municípios.
Os municípios contemplados nesta terça foramsão Aracaju, Barra dos Coqueiros, Santa Luzia do Ithany, Lagarto, Neópolis, Cedro de São João, Monte Alegre, Riachuelo, São Domingos, São Francisco, Poço Verde, General Maynard e  Siriri . A retirada do produto aconteceu no Centro Administrativo Senador Gilvan Rocha. Para esse fim, o agendamento  com os demais municípios segue até o dia 20 de agosto.
A distribuição de repelentes tem como objetivo proteger as gestantes contra a picada do Aedes Aegypti, pernilongos e mosquitos que transmitem doenças, como a microcefalia, por exemplo. A farmacêutica Fabiana Santos de Carvalho explicou que a ação de distribuição dos repelentes foi iniciada pelo Ministério da Saúde em janeiro de 2016 e prosseguiu desde então com a ação preventiva.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem seguido o calendário de entrega de repelentes para serem distribuídos com os 75 municípios sergipanos,  de acordo com uma programação elaborada pelo Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos (Cadim), com vistas à prevenção do zica vírus e doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. São 100 mil unidades e somente na terça-feira, 14, primeiro dia de encaminhamento, realizou a entrega para 13 municípios.
Os municípios contemplados nesta terça foramsão Aracaju, Barra dos Coqueiros, Santa Luzia do Ithany, Lagarto, Neópolis, Cedro de São João, Monte Alegre, Riachuelo, São Domingos, São Francisco, Poço Verde, General Maynard e  Siriri . A retirada do produto aconteceu no Centro Administrativo Senador Gilvan Rocha. Para esse fim, o agendamento  com os demais municípios segue até o dia 20 de agosto.
A distribuição de repelentes tem como objetivo proteger as gestantes contra a picada do Aedes Aegypti, pernilongos e mosquitos que transmitem doenças, como a microcefalia, por exemplo. A farmacêutica Fabiana Santos de Carvalho explicou que a ação de distribuição dos repelentes foi iniciada pelo Ministério da Saúde em janeiro de 2016 e prosseguiu desde então com a ação preventiva.