Candidatos registrados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ex-governador Jackson Barreto esteve ontem em Brasília participando do ato de homologação da candidatura de Lula à presidência. Ao lado da  militância de esquerda e de populares, JB percorreu as avenidas de Brasília em direção ao Tribunal Superior Eleit
O ex-governador Jackson Barreto esteve ontem em Brasília participando do ato de homologação da candidatura de Lula à presidência. Ao lado da militância de esquerda e de populares, JB percorreu as avenidas de Brasília em direção ao Tribunal Superior Eleit

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/08/2018 às 08:23:00

 

Com o fim ontem do prazo para par-
tidos apresentarem o pedido de re-
gistro das candidaturas nas eleições deste ano começa hoje o período da campanha eleitoral nas ruas, conforme definição do calendário eleitoral 2018 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Em razão disso, a partir desta quinta-feira é permitido aos candidatos a governador, senador, deputado federal e deputado estadual realizar comício, promover carreata, distribuir material gráfico e fazer propaganda na internet (desde que não paga).
Apesar de a campanha ser a mais curta de todas as eleições, menos de dois meses, a maioria dos candidatos não vai está nas ruas já hoje.  Os CNPJ´s estão sendo definidos e, portanto, nenhum dispõe ainda de material de campanha, como cartazes, santinhos e adesivos.
Os candidatos majoritários, sequer, já estão com os comitês instalados. Até hoje, somente Belivaldo Chagas (PSD) tem sede de comitê definida, mas a inauguração só ocorrerá no final da tarde do próximo dia 31 de agosto. O comitê será instalado na Av. Barão de Maruim, para manter a tradição do agrupamento político iniciada na campanha de Marcelo Déda ainda para prefeito de Aracaju.
Eduardo Amorim (PSDB) e Valadares Filho (PSB) ainda não fecharam sede do comitê e, muito menos, data de funcionamento. A tendência é que os comitês dos dois candidatos sejam abertos sem qualquer ato festivo.
Valadares Filho tem agendado para o início da tarde da sexta-feira uma carreata no Conjunto Bugio. Já Eduardo Amorim não tem definição de agenda de rua. Na sexta-feira estará em Propriá participando de uma reunião com lideranças e prefeitos da região do baixo São Francisco.
Até o final da tarde de ontem Belivaldo Chagas só tinha agenda política para hoje, quando participa, às 16h, da procissão em Louvor a São Roque, padroeiro de Campo do Brito.
A tendência é que mediante a diminuição de recursos para as campanhas, as atividades de rua dos candidatos, como panfletagens, caminhadas e carreatas, só sejam intensificadas a partir do mês de setembro.  
Os candidatos vão se utilizar mais das redes sociais e, consequentemente, muitos deles farão uso de fake news, através da sua equipe de marketing. O objetivo maior será "manchar" a reputação de determinado candidato, fazendo com que perca potenciais eleitores.
E, claro, os candidatos vão se preparar bem para o programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão, que começa no próximo dia 31 de agosto.
Agora é aguardar esse começo de campanha...

Com o fim ontem do prazo para par- tidos apresentarem o pedido de re- gistro das candidaturas nas eleições deste ano começa hoje o período da campanha eleitoral nas ruas, conforme definição do calendário eleitoral 2018 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Em razão disso, a partir desta quinta-feira é permitido aos candidatos a governador, senador, deputado federal e deputado estadual realizar comício, promover carreata, distribuir material gráfico e fazer propaganda na internet (desde que não paga).
Apesar de a campanha ser a mais curta de todas as eleições, menos de dois meses, a maioria dos candidatos não vai está nas ruas já hoje.  Os CNPJ´s estão sendo definidos e, portanto, nenhum dispõe ainda de material de campanha, como cartazes, santinhos e adesivos.
Os candidatos majoritários, sequer, já estão com os comitês instalados. Até hoje, somente Belivaldo Chagas (PSD) tem sede de comitê definida, mas a inauguração só ocorrerá no final da tarde do próximo dia 31 de agosto. O comitê será instalado na Av. Barão de Maruim, para manter a tradição do agrupamento político iniciada na campanha de Marcelo Déda ainda para prefeito de Aracaju.
Eduardo Amorim (PSDB) e Valadares Filho (PSB) ainda não fecharam sede do comitê e, muito menos, data de funcionamento. A tendência é que os comitês dos dois candidatos sejam abertos sem qualquer ato festivo.
Valadares Filho tem agendado para o início da tarde da sexta-feira uma carreata no Conjunto Bugio. Já Eduardo Amorim não tem definição de agenda de rua. Na sexta-feira estará em Propriá participando de uma reunião com lideranças e prefeitos da região do baixo São Francisco.
Até o final da tarde de ontem Belivaldo Chagas só tinha agenda política para hoje, quando participa, às 16h, da procissão em Louvor a São Roque, padroeiro de Campo do Brito.
A tendência é que mediante a diminuição de recursos para as campanhas, as atividades de rua dos candidatos, como panfletagens, caminhadas e carreatas, só sejam intensificadas a partir do mês de setembro.  
Os candidatos vão se utilizar mais das redes sociais e, consequentemente, muitos deles farão uso de fake news, através da sua equipe de marketing. O objetivo maior será "manchar" a reputação de determinado candidato, fazendo com que perca potenciais eleitores.
E, claro, os candidatos vão se preparar bem para o programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão, que começa no próximo dia 31 de agosto.
Agora é aguardar esse começo de campanha...

Tudo embolado 1

A campanha de rua começa hoje com os três principais candidatos a governador empatados tecnicamente, mediante pesquisas de intenções de votos que foram realizadas por alguns institutos. São eles: Valadares Filho (PSB), Eduardo Amorim (PSDB) e Belivaldo Chagas (PSD). 

Tudo embolado 2

Há também um empate técnico entre os candidatos ao Senado: Antônio Carlos Valadares (PSB), Jackson Barreto (MDB), André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB), com uma pequena vantagem a favor de Valadares.

Ibope

A expectativa será com relação à pesquisa Ibope que a TV Sergipe divulgará amanhã, durante o jornal da noite, para governador e senador. O instituto iniciou a entrevista com 812 entrevistados no estado no dia 11 e terminará nessa sexta-feira, 17.

Nova pesquisa

O Dataform está realizando uma nova pesquisa para governador, senador, deputado federal e deputado estadual. O período de entrevista é de 14 a 17 de agosto, com divulgação no dia 20. Serão entrevistados 1.200 eleitores na capital e municípios do interior.

TV Sergipe 1

Ontem à tarde assessores dos nove candidatos a governador participaram de reunião na TV Sergipe para discussão de como ocorrerão às entrevistas e cobertura de agenda. Ficou acordado que uma nova reunião ocorrerá no sábado para definição das entrevistas e cobertura de agenda. Essa definição será feita mediante resultado da pesquisa do Ibope na sexta à noite, uma vez que o entendimento da emissora é que os candidatos com menos de 5% de intenções de votos não tenham cobertura dado ao grande número de postulantes.

TV Sergipe 2

O jornalismo da TV Sergipe não chegou a discutir ontem as regras para realização do debate com os candidatos a governador, a ser realizado pela emissora no dia 2 de outubro após a novela global Segundo Sol.

TV Atalaia

Hoje de manhã acontece reunião dos assessores dos nove candidatos a governador com o jornalismo da TV Atalaia, também para definição de entrevistas e coberturas de agenda. O debate da TV Atalaia com os candidatos a governador deve ser no dia 28 de setembro.

Alvo certo

O candidato a governador João Tarantella (PSL), mesma legenda do presidenciável Jair Bolsonaro, está satisfeito em ser candidato por um partido que vai lhe proporcionar participação nos debates. Já escolheu um alvo para bater: Belivaldo Chagas, por entender que só deve questionar que tem a "caneta nas mãos". Na eleição passada Tarantella chegou a se acorrentar em protesto com a sua não participação nos debates.

Estratégia política

Além dos nove candidatos a governador, Sergipe terá 14 candidatos ao Senado com pedido ontem de registro de candidatura de Betinho (PMB). O partido, o mesmo do vereador Thiaguinho Batalha, requereu no último dia o registro de Betinho, que na eleição de 2014 foi candidato a governador apenas com o intuito de "bater" no então candidato a governador Jackson Barreto (MDB) e, consequentemente, favorecer o principal adversário Eduardo Amorim (PSDB). Agora ele vai disputar o Senado, como JB.  

Belivaldo

Belivaldo Chagas registrou sua coligação com sete partidos: PSD, PT, MDB, PCdoB, PP, PSDC e PHS. Ele tem ainda o apoio informal do Podemos e Avante, que se coligaram em uma chapinha proporcional para deputado estadual com o PMN e Patriota. O slogan da coligação é "Superar os desafios e construir um futuro melhor".

Eduardo

A coligação de Eduardo Amorim tem, também, sete partidos: PSDB, PSC, PRB, PTC, SD, PR e PPS. Foi registrada com o slogan "Coragem para Mudar".

Valadares Filho

Valadares Filho vai para a disputa com seis partidos coligados: PSB, PDT, PTB, PROS, PPL e PRP. O slogan da sua coligação é "Coragem para mudar".

Mendonça

Já Mendonça Prado (DEM) tem três partidos na sua coligação: DEM, PV e PRTB. A coligação foi registrada com o slogan "Dignidade para todos".

Milton

Milton Andrade vai disputar o governo coligado com PMN e Patriota.  O slogan da coligação "Uma nova história para Sergipe".

Sem coligação

Os outros quatro candidatos a governador estão na disputa sem coligações. São eles: Dr Emerson (Rede), Márcio Souza (PSOL), João Tarantella (PSL) e Gilvani Alves (PSTU).

Tempo de TV

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ainda não definiu o tempo que cada coligação ou candidato terá no programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão. A expectativa da coordenação de campanha de Belivaldo Chagas é que ele tenha cerca de 42% do tempo, por ter na coligação os partidos com maior representação na Câmara dos Deputados.

Veja essa ...

Ao formalizar registro de candidatura até ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) os candidatos tiveram que declarar seus patrimônios. Pelas declarações, os candidatos a governador mais rico são: Milton Andrade (R$ 3.771.861,63); Belivaldo Chagas (R$ 2.054.385,18) e Dr Emerson (R$ 1.290.395,22).

...e essa...

Com patrimônio declarado abaixo de R$ 700 mil: Mendonça Prado (R$ 659.932,24), Valadares Filho (R$ 602.900,90), Eduardo Amorim (R$ 319.116,26), Gilvani Santos (R$ 200 mil) e Márcio Souza (R$ 185 mil). João Tarantella ainda não tinha registrado candidatura até fechamento da coluna.  

Curtas

Está na pauta do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de hoje o julgamento do agravo em recurso especial do pré-candidato ao Senado, Rogério Carvalho (PT), relacionado à condenação de improbidade administrativa quando era secretário da Saúde. Será julgado pela Primeira Turma, às 14h.

Com o fim do prazo ontem para registro de candidaturas, a impugnação  poderá ser feita até cinco dias após a publicação dos editais. Em razão disso, a procuradora regional eleitoral, Eunice Dantas, pede à população que apresente notícia de inelegibilidade até essa sexta-feira para garantir um pleito mais limpo.

Para informar o MP Eleitoral sobre um candidato inelegível, o cidadão poderá apresentar a notícia de inelegibilidade diretamente na Sala de Atendimento ao Cidadão do MPF em Sergipe ou pelo endereço eletrônico http://www.mpf.mp.br/para-o-cidadao/sac.

Eduardo Amorim foi destaque na coluna Expresso, da Época, pelo seu posicionamento contrário à reforma trabalhista. A Época destacou que o pensamento de Eduardo é diferente do pensamento do presidenciável Geraldo Alckmin, do mesmo partido, por entender que a reforma trabalhista seria um retrocesso histórico a todas as conquistas adquiridas por anos de luta dos trabalhadores.