Empresário é assassinado a tiros em São Cristóvão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/08/2018 às 08:36:00

 

A polícia investiga o assassinato do empresário José dos Santos Júnior, o 'JR Pipas', 43 anos, que morreu ontem de manhã, ao sair de um galpão de sua propriedade, próximo à entrada da sede do município de São Cristóvão (Grande Aracaju). testemunhas informaram que José estava acompanhado da esposa e estava deixando o local, quando um homem se aproximou do local, sacou uma arma e disparou vários tiros. O empresário morreu no local e o criminoso conseguiu fugir, ajudado por um homem que supostamente o acompanhava. 
A esposa da vítima ficou em estado de choque e os funcionários da empresa chamaram a Polícia Militar. Em seguida, o Departamento de Homicídios (DHPP) e o Instituto Médico-Legal (IML) foram acionados. Os policiais constataram que nada foi roubado do empresário, o que aponta para a suspeita de que ele tenha sido executado. No entanto, os motivos do crime ainda não estão totalmente claros. 'JR' era dono de uma empresa que trabalha no abastecimento e fornecimento de carros-pipa para aluguel. Equipes do DHPP já começaram a investigar o caso. 
Confronto - Em outra ocorrência com morte, ainda na manhã de ontem, soldados do Comando de Operações Especiais (COE) da PM fizeram uma operação na Zona de Expansão de Aracaju, para prender um suspeito de integrar uma facção criminosa envolvida em assaltos a bancos e homicídios, que atua no estado da Bahia. Durante a tentativa de cumprimento do mandado, o suspeito resistiu à prisão, provocou um tiroteio e morreu após ser baleado. Com ele, foram apreendidos uma pistola e drogas. A ação contou com o apoio de soldados da PM baiana. 

A polícia investiga o assassinato do empresário José dos Santos Júnior, o 'JR Pipas', 43 anos, que morreu ontem de manhã, ao sair de um galpão de sua propriedade, próximo à entrada da sede do município de São Cristóvão (Grande Aracaju). testemunhas informaram que José estava acompanhado da esposa e estava deixando o local, quando um homem se aproximou do local, sacou uma arma e disparou vários tiros. O empresário morreu no local e o criminoso conseguiu fugir, ajudado por um homem que supostamente o acompanhava. 
A esposa da vítima ficou em estado de choque e os funcionários da empresa chamaram a Polícia Militar. Em seguida, o Departamento de Homicídios (DHPP) e o Instituto Médico-Legal (IML) foram acionados. Os policiais constataram que nada foi roubado do empresário, o que aponta para a suspeita de que ele tenha sido executado. No entanto, os motivos do crime ainda não estão totalmente claros. 'JR' era dono de uma empresa que trabalha no abastecimento e fornecimento de carros-pipa para aluguel. Equipes do DHPP já começaram a investigar o caso. 

Confronto - Em outra ocorrência com morte, ainda na manhã de ontem, soldados do Comando de Operações Especiais (COE) da PM fizeram uma operação na Zona de Expansão de Aracaju, para prender um suspeito de integrar uma facção criminosa envolvida em assaltos a bancos e homicídios, que atua no estado da Bahia. Durante a tentativa de cumprimento do mandado, o suspeito resistiu à prisão, provocou um tiroteio e morreu após ser baleado. Com ele, foram apreendidos uma pistola e drogas. A ação contou com o apoio de soldados da PM baiana.