Em Glória, arte e sabores marcam Festival de Inverno do Alto Sertão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Em Nossa Senhora da Glória o artesanato sempre foi um destaque da cultura do alto sertão
Em Nossa Senhora da Glória o artesanato sempre foi um destaque da cultura do alto sertão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/08/2018 às 07:12:00

 

O município de Nos
sa Senhora da Gló
ria, no Alto Serão sergipano, foi o palco de uma mistura cultural que reuniu empreendedores do artesanato, da gastronomia e da música no 1º Festival de Inverno do Alto Sertão. Realizado no último final de semana, dias 18 e 19, o evento fez parte das ações da Agenda do Sertão 2030 (Programa Líder), desenvolvida pelo Sebrae/SE, em parceria com gestores públicos, empresários e entidades do terceiro setor da região.
Durante o Festival, artesãos expuseram e comercializaram seus trabalhos, enquanto o público apreciava apresentações culturais de artistas da terra. Segundo o coordenador do Programa Líder, Lucas Lamonier, o evento foi uma oportunidade para apresentar as riquezas da região para a população local e turistas.
Além da música e do artesanato, a gastronomia também foi um dos atrativos do festival, com uma diversidade da culinária da região. De acordo com Rubimara Pinheiro, consultora do Sebrae/SE, todos os envolvidos no manejo dos alimentos foram capacitados para evitar riscos de contaminação ao longo do evento.
O Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Líder) foi criado pelo Sebrae com o objetivo de mobilizar, qualificar e integrar lideranças regionais para gerar ambientes favoráveis para micro e pequenas empresas nos municípios do Alto Sertão sergipano.
Uma das primeiras atividades do Líder, foi a elaboração da Agenda Sertão 2030 que propõe uma série de ações para promover o desenvolvimento sustentável nos nove municípios de região, além de subsidiar a implementação de políticas públicas para a melhoria dos indicadores sociais e econômicos.

O município de Nos sa Senhora da Gló ria, no Alto Serão sergipano, foi o palco de uma mistura cultural que reuniu empreendedores do artesanato, da gastronomia e da música no 1º Festival de Inverno do Alto Sertão. Realizado no último final de semana, dias 18 e 19, o evento fez parte das ações da Agenda do Sertão 2030 (Programa Líder), desenvolvida pelo Sebrae/SE, em parceria com gestores públicos, empresários e entidades do terceiro setor da região.
Durante o Festival, artesãos expuseram e comercializaram seus trabalhos, enquanto o público apreciava apresentações culturais de artistas da terra. Segundo o coordenador do Programa Líder, Lucas Lamonier, o evento foi uma oportunidade para apresentar as riquezas da região para a população local e turistas.
Além da música e do artesanato, a gastronomia também foi um dos atrativos do festival, com uma diversidade da culinária da região. De acordo com Rubimara Pinheiro, consultora do Sebrae/SE, todos os envolvidos no manejo dos alimentos foram capacitados para evitar riscos de contaminação ao longo do evento.
O Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Líder) foi criado pelo Sebrae com o objetivo de mobilizar, qualificar e integrar lideranças regionais para gerar ambientes favoráveis para micro e pequenas empresas nos municípios do Alto Sertão sergipano.
Uma das primeiras atividades do Líder, foi a elaboração da Agenda Sertão 2030 que propõe uma série de ações para promover o desenvolvimento sustentável nos nove municípios de região, além de subsidiar a implementação de políticas públicas para a melhoria dos indicadores sociais e econômicos.