Artistas da velhacap expõem no Fórum Gumersindo Bessa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Artesãs de São Cristóvão estarão expondo suas peças no Fórum Gumercindo Bessa em Aracaju
Artesãs de São Cristóvão estarão expondo suas peças no Fórum Gumercindo Bessa em Aracaju

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/08/2018 às 07:41:00

 

Até o próximo dia 23 
de agosto, o Fórum 
Gumersindo Bessa, em Aracaju, receberá a produção de artistas sancristovenses que estão participando da Feira de Artesanato, criada em alusão ao Dia do Folclore (celebrado nesta quarta-feira, 22). A iniciativa da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fundact) tem por objetivo levar a produção municipal para outros públicos e mercados.
A produção da feira é bem variada. O público que circular pelo Fórum Gumersindo Bessa vai encontrar peças em crochê (e grampado), as famosas bonecas de pano, renda irlandesa, confecções em couro, literatura de cordel, os famosos Bricelets (conhecido como os biscoitinhos das freiras), quadros e até gaitas produzidas artesanalmente.
Segundo a expositora Maria Cristina Gomes (conhecida como Irmã Cristina) a Feira de Artesanato se mostrou uma oportuna vitrine para expor as produções do projeto 'Ajudando a Natureza a Respirar com Arte no Lixo'. "Temos que sair mesmo da nossa zona de conforto e integrar as feiras e exposições de outros locais. Eu faço parte de todas as feiras que acontecem em São Cristóvão, e quando acontece um convite como este de trazermos nossos produtos para além município, faço questão de me juntar ao projeto. Aceitei de prontidão assim que fui convidada", enfatizou ela, que também trouxe para a exposição as geleias produzidas pela marca D'IrCris.

Até o próximo dia 23  de agosto, o Fórum  Gumersindo Bessa, em Aracaju, receberá a produção de artistas sancristovenses que estão participando da Feira de Artesanato, criada em alusão ao Dia do Folclore (celebrado nesta quarta-feira, 22). A iniciativa da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fundact) tem por objetivo levar a produção municipal para outros públicos e mercados.
A produção da feira é bem variada. O público que circular pelo Fórum Gumersindo Bessa vai encontrar peças em crochê (e grampado), as famosas bonecas de pano, renda irlandesa, confecções em couro, literatura de cordel, os famosos Bricelets (conhecido como os biscoitinhos das freiras), quadros e até gaitas produzidas artesanalmente.
Segundo a expositora Maria Cristina Gomes (conhecida como Irmã Cristina) a Feira de Artesanato se mostrou uma oportuna vitrine para expor as produções do projeto 'Ajudando a Natureza a Respirar com Arte no Lixo'. "Temos que sair mesmo da nossa zona de conforto e integrar as feiras e exposições de outros locais. Eu faço parte de todas as feiras que acontecem em São Cristóvão, e quando acontece um convite como este de trazermos nossos produtos para além município, faço questão de me juntar ao projeto. Aceitei de prontidão assim que fui convidada", enfatizou ela, que também trouxe para a exposição as geleias produzidas pela marca D'IrCris.