"As micro e pequenas empresas também serão fortalecidas" ressalta Eduardo Amorim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/08/2018 às 07:57:00

 

Na manhã de desta terça-feira, o candidato ao Governo do Estado, Eduardo Amorim (PSDB), se reuniu com micro e pequenos empresários da Grande Aracaju. Eduardo ouviu as demandas da classe e disse que vai buscar soluções para desburocratizar o Estado e criar iniciativas para impulsionar os negócios sergipanos. O encontro também contou com a presença do candidato a vice-governador, Ivan Leite (PRB), ao Senado, André Moura (PSC) e a deputado federal, Bosco Costa (PR).
Eduardo Amorim ressaltou que seu governo vai fazer o que for possível para contribuir com o desenvolvimento das empresas e, se for preciso, irá buscar auxílios nas outras esferas. "As micro e pequenas empresas precisam ser fortalecidas, pois elas também são responsáveis pelo fluxo da economia", afirmou o candidato a governador.
Dentro desse processo, está a qualificação e valorização da mão de obra para atender a demanda desse setor. "Aquilo que depender do estado, a gente vai fazer, aquilo que depender do Governo Federal a gente precisa lutar com a bancada forte, que possa desburocratizar e facilitar o acesso aos recursos necessários para os investimentos que gerem emprego e movimentem a nossa economia" salientou o candidato.

Na manhã de desta terça-feira, o candidato ao Governo do Estado, Eduardo Amorim (PSDB), se reuniu com micro e pequenos empresários da Grande Aracaju. Eduardo ouviu as demandas da classe e disse que vai buscar soluções para desburocratizar o Estado e criar iniciativas para impulsionar os negócios sergipanos. O encontro também contou com a presença do candidato a vice-governador, Ivan Leite (PRB), ao Senado, André Moura (PSC) e a deputado federal, Bosco Costa (PR).
Eduardo Amorim ressaltou que seu governo vai fazer o que for possível para contribuir com o desenvolvimento das empresas e, se for preciso, irá buscar auxílios nas outras esferas. "As micro e pequenas empresas precisam ser fortalecidas, pois elas também são responsáveis pelo fluxo da economia", afirmou o candidato a governador.
Dentro desse processo, está a qualificação e valorização da mão de obra para atender a demanda desse setor. "Aquilo que depender do estado, a gente vai fazer, aquilo que depender do Governo Federal a gente precisa lutar com a bancada forte, que possa desburocratizar e facilitar o acesso aos recursos necessários para os investimentos que gerem emprego e movimentem a nossa economia" salientou o candidato.