Edvaldo Nogueira inaugura primeiro ecoponto do estado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Edvaldo discurso durante a inauguração do ponto para descarte de materiais de construção
Edvaldo discurso durante a inauguração do ponto para descarte de materiais de construção

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/08/2018 às 07:52:00

 

Um dos grandes desafi
os dos tempos moder
nos é solucionar o destino do lixo produzido pela população. Grandes cidades do mundo já vêm criando mecanismos para melhor tratar o lixo e dar a mais adequada destinação a ele. Aracaju, no caminho para se tornar uma cidade mais humana, inteligente e criativa, deu, na manhã desta quarta-feira, 22, mais um passo à frente com a instalação do primeiro Ecoponto - Estação de Entrega Voluntária de Resíduos Sólidos - do estado de Sergipe. O prefeito Edvaldo Nogueira inaugurou o espaço que tem como objetivo ser mais um agente no combate ao descarte irregular de lixo. 
O local é uma área pública destinada ao recebimento de resíduos da construção civil e resíduos volumosos, limitados a 1m³ por descarga, gerados e entregues pelos munícipes, podendo ainda ser coletados e entregues por pequenos transportadores contratados diretamente pelos geradores dos resíduos. O ecoponto vem a atender um dos planos do Planejamento Estratégico da capital. 
No ato de inauguração, o prefeito fez questão de ressaltar a importância do espaço e convocar a população a contribuir para que o ecoponto, que é o projeto piloto da Prefeitura de Aracaju, possa ser também um local de efervescência da conscientização. "O poder público cria os mecanismos, mas a população precisa contribuir. Agora nós estamos inovando e Aracaju está avançando rumo à qualidade de vida com a melhoria dos serviços públicos. Esse é o primeiro ecoponto de Sergipe e eu fico muito feliz em ser o prefeito a inaugurá-lo. Ele já havia sido estudado e planejado em 2012, na minha gestão passada, mas o projeto ficou parado nos quatro anos seguintes. Hoje, resgatamos o projeto e estamos fazendo esse esforço, porém, é necessário contar com a população para fazer dar certo. Cidade limpa não é cidade em que se limpa mais, é a que menos se suja", ressaltou o prefeito. 
Com o ecoponto, Aracaju tem mais um aparato para o fim do descarte irregular. No início da gestão, foram identificados 300 pontos de locais onde a população descarregava diversos tipos de materiais de forma irregular, agora, existem apenas 60 deles que também deixarão de existir. A instalação tem como objetivo combater o descarte irregular dos resíduos da construção civil, volumosos e seletivo, evitando a sua mistura e contaminação. Além disso, o local busca proporcionar um melhor aproveitamento dos materiais que poderão retornar à cadeia produtiva, fazendo uso da reciclagem, e como suporte para a coleta seletiva e logística reversa.
O terreno onde foi construído o ecoponto, localizado na rua Julieta Pereira Alves, s/nº, esquina com a avenida Confiança, no bairro Industrial, foi uma doação do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), que teve representante presente na inauguração como apoiador do ato. "Essa era uma área que foi desapropriada pelo Estado para ser dado acesso aos moradores da região e, após a construção da ponte, eles não tinham como retornar para Aracaju subindo a ponte, indo à Barra e voltar. Por conta disso, essa área foi desapropriada. A Prefeitura, notando essa situação, procurou ver de quem era a área e, quando descobriu que era do DER, nos procurou e solicitou qual maneira de utilizar a área. Fizemos uma doação, um comodato, para que pudesse ser instalado o ecoponto. O DER e o próprio Governo sempre que possível, procuram fazer sua parte para ajudar a desenvolver a nossa capital e nos sentimos muito gratos por poder prestar esse apoio", considerou o assessor do presidente do DER, Geraldo Mota.

Um dos grandes desafi os dos tempos moder nos é solucionar o destino do lixo produzido pela população. Grandes cidades do mundo já vêm criando mecanismos para melhor tratar o lixo e dar a mais adequada destinação a ele. Aracaju, no caminho para se tornar uma cidade mais humana, inteligente e criativa, deu, na manhã desta quarta-feira, 22, mais um passo à frente com a instalação do primeiro Ecoponto - Estação de Entrega Voluntária de Resíduos Sólidos - do estado de Sergipe. O prefeito Edvaldo Nogueira inaugurou o espaço que tem como objetivo ser mais um agente no combate ao descarte irregular de lixo. 
O local é uma área pública destinada ao recebimento de resíduos da construção civil e resíduos volumosos, limitados a 1m³ por descarga, gerados e entregues pelos munícipes, podendo ainda ser coletados e entregues por pequenos transportadores contratados diretamente pelos geradores dos resíduos. O ecoponto vem a atender um dos planos do Planejamento Estratégico da capital. 
No ato de inauguração, o prefeito fez questão de ressaltar a importância do espaço e convocar a população a contribuir para que o ecoponto, que é o projeto piloto da Prefeitura de Aracaju, possa ser também um local de efervescência da conscientização. "O poder público cria os mecanismos, mas a população precisa contribuir. Agora nós estamos inovando e Aracaju está avançando rumo à qualidade de vida com a melhoria dos serviços públicos. Esse é o primeiro ecoponto de Sergipe e eu fico muito feliz em ser o prefeito a inaugurá-lo. Ele já havia sido estudado e planejado em 2012, na minha gestão passada, mas o projeto ficou parado nos quatro anos seguintes. Hoje, resgatamos o projeto e estamos fazendo esse esforço, porém, é necessário contar com a população para fazer dar certo. Cidade limpa não é cidade em que se limpa mais, é a que menos se suja", ressaltou o prefeito. 
Com o ecoponto, Aracaju tem mais um aparato para o fim do descarte irregular. No início da gestão, foram identificados 300 pontos de locais onde a população descarregava diversos tipos de materiais de forma irregular, agora, existem apenas 60 deles que também deixarão de existir. A instalação tem como objetivo combater o descarte irregular dos resíduos da construção civil, volumosos e seletivo, evitando a sua mistura e contaminação. Além disso, o local busca proporcionar um melhor aproveitamento dos materiais que poderão retornar à cadeia produtiva, fazendo uso da reciclagem, e como suporte para a coleta seletiva e logística reversa.
O terreno onde foi construído o ecoponto, localizado na rua Julieta Pereira Alves, s/nº, esquina com a avenida Confiança, no bairro Industrial, foi uma doação do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), que teve representante presente na inauguração como apoiador do ato. "Essa era uma área que foi desapropriada pelo Estado para ser dado acesso aos moradores da região e, após a construção da ponte, eles não tinham como retornar para Aracaju subindo a ponte, indo à Barra e voltar. Por conta disso, essa área foi desapropriada. A Prefeitura, notando essa situação, procurou ver de quem era a área e, quando descobriu que era do DER, nos procurou e solicitou qual maneira de utilizar a área. Fizemos uma doação, um comodato, para que pudesse ser instalado o ecoponto. O DER e o próprio Governo sempre que possível, procuram fazer sua parte para ajudar a desenvolver a nossa capital e nos sentimos muito gratos por poder prestar esse apoio", considerou o assessor do presidente do DER, Geraldo Mota.