SMS vai abrir seis postos no sábado para vacinação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
PRIORIDADE SÃO CRIANÇAS DE 1 A 5 ANOS
PRIORIDADE SÃO CRIANÇAS DE 1 A 5 ANOS

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/08/2018 às 07:59:00

 

Para atingir a meta da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a poliomielite, de imunizar 95% das crianças maiores de um ano e menores de cinco, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vem adotando estratégias para aumentar o percentual de vacinação em Aracaju. Uma delas acontecerá no próximo sábado, quando seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) irão abrir das 7h às 12h.
De acordo com a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde, Taise Cavalcante, a SMS os horários alternativos buscam atingir o público-alvo que tem dificuldade de acesso ao serviço nos dias e horários convencionais de funcionamento. "Nesse sábado, 25, vamos fazer uma espécie de segundo Dia D de mobilização, porque os responsáveis pelas crianças que trabalham durante a semana terão mais um dia para poderem imunizá-las, ampliando assim a nossa cobertura vacinal. Quanto mais vacinarmos, melhor será o resultado epidemiológico de proteção da comunidade", enfatizou.
As seis UBS que vacinarão no próximo sábado são: Ministro Costa Cavalcante (Inácio Barbosa); Adel Nunes (bairro América); Amélia Leite (Suissa); Carlos Fernandes de Melo (Lamarão); Anália Pina (conj. Almirante Tamandaré) e Lauro Dantas Hora (Bugio).
Outra estratégia da SMS foi a ampliação do horário das UBS Augusto Franco e Onésimo Pinto na quinta e sexta-feira passada, das 17h às 20h, para imunizar contra o sarampo e a poliomielite. "Nesta quinta, 23, e sexta, 24, as UBS com horário estendido serão a Dona Sinhazinha (Grageru), a Geraldo Magela (Orlando Dantas) e a Augusto Franco. Além disso, decidimos ampliar essa estratégia, e na próxima semana, nos dias 30 e 31 de agosto, ampliaremos até às 20h o funcionamento das UBS Fernando Sampaio (conj. Castelo Branco) e Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos)", informa Taise.
Resultado parcial - Até o último balanço parcial, realizado ontem, somente 44,60% das crianças aracajuanas foram imunizadas. "De um total de 33.059, somente 14.747 foram vacinadas. É preciso que os pais e responsáveis pelas crianças se conscientizem que é muito importante vacinar contra as duas doenças que causam sequelas e podem até matar", alertou a diretora.
A ideia é repetir a experiência do último sábado, 18, quando as unidades tiveram uma boa procura. "No dia D, vacinamos 8.393 crianças, ou seja, somente neste dia foram vacinadas 25% da meta total. Temos equipes e doses o suficiente para promover um número expressivo de aplicações, mas para termos sucesso em proteger nossas crianças, é preciso que os pais se conscientizem", reforçou.
A coordenadora da Rede de Atenção Primária (Reap), Monalisa Fonseca, explica que ambas as estratégias da SMS são voltadas às crianças que estão dentro da faixa etária estipulada pelo Ministério da Saúde. Porém, nos horários de rotina das salas de vacina (de 7h30 às 16h30), quem nunca tomou a tríplice viral contra o sarampo pode procurar uma unidade para receber a dose, mesmo tendo mais de cinco anos.

Para atingir a meta da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a poliomielite, de imunizar 95% das crianças maiores de um ano e menores de cinco, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vem adotando estratégias para aumentar o percentual de vacinação em Aracaju. Uma delas acontecerá no próximo sábado, quando seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) irão abrir das 7h às 12h.
De acordo com a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde, Taise Cavalcante, a SMS os horários alternativos buscam atingir o público-alvo que tem dificuldade de acesso ao serviço nos dias e horários convencionais de funcionamento. "Nesse sábado, 25, vamos fazer uma espécie de segundo Dia D de mobilização, porque os responsáveis pelas crianças que trabalham durante a semana terão mais um dia para poderem imunizá-las, ampliando assim a nossa cobertura vacinal. Quanto mais vacinarmos, melhor será o resultado epidemiológico de proteção da comunidade", enfatizou.
As seis UBS que vacinarão no próximo sábado são: Ministro Costa Cavalcante (Inácio Barbosa); Adel Nunes (bairro América); Amélia Leite (Suissa); Carlos Fernandes de Melo (Lamarão); Anália Pina (conj. Almirante Tamandaré) e Lauro Dantas Hora (Bugio).
Outra estratégia da SMS foi a ampliação do horário das UBS Augusto Franco e Onésimo Pinto na quinta e sexta-feira passada, das 17h às 20h, para imunizar contra o sarampo e a poliomielite. "Nesta quinta, 23, e sexta, 24, as UBS com horário estendido serão a Dona Sinhazinha (Grageru), a Geraldo Magela (Orlando Dantas) e a Augusto Franco. Além disso, decidimos ampliar essa estratégia, e na próxima semana, nos dias 30 e 31 de agosto, ampliaremos até às 20h o funcionamento das UBS Fernando Sampaio (conj. Castelo Branco) e Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos)", informa Taise.

Resultado parcial - Até o último balanço parcial, realizado ontem, somente 44,60% das crianças aracajuanas foram imunizadas. "De um total de 33.059, somente 14.747 foram vacinadas. É preciso que os pais e responsáveis pelas crianças se conscientizem que é muito importante vacinar contra as duas doenças que causam sequelas e podem até matar", alertou a diretora.
A ideia é repetir a experiência do último sábado, 18, quando as unidades tiveram uma boa procura. "No dia D, vacinamos 8.393 crianças, ou seja, somente neste dia foram vacinadas 25% da meta total. Temos equipes e doses o suficiente para promover um número expressivo de aplicações, mas para termos sucesso em proteger nossas crianças, é preciso que os pais se conscientizem", reforçou.
A coordenadora da Rede de Atenção Primária (Reap), Monalisa Fonseca, explica que ambas as estratégias da SMS são voltadas às crianças que estão dentro da faixa etária estipulada pelo Ministério da Saúde. Porém, nos horários de rotina das salas de vacina (de 7h30 às 16h30), quem nunca tomou a tríplice viral contra o sarampo pode procurar uma unidade para receber a dose, mesmo tendo mais de cinco anos.