"Pisa Maneiro" invade o centro comercial

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/08/2018 às 21:01:00

 

O cortejo Pisa Maneiro, Folias e Outras Danças pediu passagem e balançou o comércio central de Aracaju na tarde da última sexta-feira com a participação de 21 grupos folclóricos oriundos de diversos municípios sergipanos. Os ritmos, as danças, figurinos e adereços deram um colorido especial à tarde festiva, promovida pelo Sesc, para homenagear a cultura popular. A sinergia dos grupos contagiou o público que parou para ver a passagem do cortejo e sua evolução entre lojas e prédios comerciais.
O calçadão da Rua João Pessoa, ficou pequeno para tanta animação, fotos e selfs. Todos queriam conhecer e registrar a beleza das meninas do Reisado, os tiros estrondosos dos Bacamarteiros, a Chegança, a Taieira e a saia rodada do Samba de Coco, dentre tantos outros grupos que invadiram o espaço público, destinado às compras, para festejar o folclore nosso de cada dia e mostrar a importância de preservar as manifestações tradicionais da cultura popular e seus territórios.

O cortejo Pisa Maneiro, Folias e Outras Danças pediu passagem e balançou o comércio central de Aracaju na tarde da última sexta-feira com a participação de 21 grupos folclóricos oriundos de diversos municípios sergipanos. Os ritmos, as danças, figurinos e adereços deram um colorido especial à tarde festiva, promovida pelo Sesc, para homenagear a cultura popular. A sinergia dos grupos contagiou o público que parou para ver a passagem do cortejo e sua evolução entre lojas e prédios comerciais.
O calçadão da Rua João Pessoa, ficou pequeno para tanta animação, fotos e selfs. Todos queriam conhecer e registrar a beleza das meninas do Reisado, os tiros estrondosos dos Bacamarteiros, a Chegança, a Taieira e a saia rodada do Samba de Coco, dentre tantos outros grupos que invadiram o espaço público, destinado às compras, para festejar o folclore nosso de cada dia e mostrar a importância de preservar as manifestações tradicionais da cultura popular e seus territórios.